Category viagens internacionais

Quero Passagem quer vender passagens rodoviárias no México

Versão Mobile também ganhará cara nova.

Versão Mobile também ganhará cara nova.

Passageiros de ônibus no México poderão viajar com mais comodidade e praticidade, caso o plano da startup brasileira Quero Passagem saia do papel. Segundo a direção do e-commerce especializado na comercialização de passagens rodoviárias, a ideia é levar os serviços que já é sucesso no Brasil, para o cotidiano de quem mora no México e quer andar de ônibus. O projeto inclui a mesma tecnologia testada por aqui, oferecendo opções de reserva e comparação de preço entre as melhores auto viações que operam regularmente no país. Apesar da expansão ainda não passar de uma ideia, o site lançado a mais de um ano, tem boa aceitação do público internacional.

Desde o período em que o Brasil sediou a Copa do Mundo, o site criado pelo polonês Lukasz Gieranczyk passou a disponibilizar a plataforma nas versões inglês e espanhol, além de garantir a compra das passagens de ônibus com cartões de crédito internacionais, sem apresentação obrigatória do CPF. O retorno com as vendas de turistas estrangeiros deu tão certo, que Lukasz logo pensou em estudar novos países em busca de oportunidades no setor das tecnologias digitais. Além do desejo em levar o serviço para fora do país, a Quero Passagem já tem importantes planos para ampliar sua colocação no mercado, em 2015.

“Estamos reformularemos nosso site, que ganhará um design muito mais moderno. Diminuiremos as etapas de compra e seremos assim o único portal do Brasil que possibilitará ao usuário a aquisição de bilhetes rodoviários em apenas cinco cliques, de forma simples, fácil e segura. É importante dizer também que melhoraremos o conteúdo sobre as cidades e a oferta das viações para trechos ainda pouco explorados online”, afirmou Gieranczyk. A nova repaginação está sendo apostada com um novo aplicativo para smartphones e dispositivos móveis, criado pela agência. As mudanças devem aumentar o número de reservas de passagens, além de dar mais visibilidade ao endereço eletrônico da empresa. A Quero Passagem também estuda a possibilidade de integrações com o serviço de reserva de hotéis, aquisição de seguro-viagem e aluguel de carros em suas plataformas digitais.

Combustível é o principal vilão do preço de passagens 2014

Preço de passagens aéreas subiu no último ano.

Preço de passagens aéreas subiu no último ano.

Quem viaja de avião no Brasil nem imagina que praticamente metade do valor da passagem pago para embarcar é destinado apenas para cobrir o combustível gasto em cada operação. Essa pelo menos é a justificativa dada pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que viu o preço de passagens 2014 decolar depois de mais de 10 anos. Segundo dados da própria organização, há 11 anos, os clientes do setor aéreo não sabem o que é pagar por um aumento inflacionário, já que só no período de 2002 a 2013, as passagens aéreas chegaram a ficar 44% mais baratas. Em contrapartida, só este ano, viajar com as companhias aéreas ficou 4% mais caro em relação ao ano passado. Parece pouco, mas faz muita diferença quando se paga para ir e voltar em longas malhas viárias.

O custo do querosene que move as aeronaves também revela outro dado interessante. Segundo a Abear, geralmente é mais lucrativo viajar de avião para outros países do que circular dentro do próprio país, onde o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cobrado sobre o querosene de aviação varia de 12% a 25%, de acordo com a localidade. Além do combustível, o câmbio e a oferta também fazem o valor das passagens de avião subirem. Quando a demanda por determinada linha aérea, em um período específico do mês é relativamente maior, o preço também fica sujeito a ter elevações, caso que aconteceu no mês passado, durante a Copa do Mundo.

Diante da realidade desfavorável para empresas de aviação, o mercado rodoviário voltou a ser uma boa opção para os que precisam realizar viagens interestaduais. Além do preço mais acessível, os serviços de bordo são variados e a tecnologia na hora de reservar as passagens também agrada a maioria dos consumidores. No setor rodoviário, o serviço que mais sofre com o aumento no preço dos combustíveis, são as frotas rodoviárias, aquelas de ônibus coletivos que realizam viagens intermunicipais e urbanas. No aéreo, os combustíveis representam 42% do preço das passagens no Brasil, e pelo menos 33% no mundo todo.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress