Tag terminal tietê

Compensa viajar de ônibus para o litoral de São Paulo?

Vista da Prainha Branca - Guarujá, São Paulo, BrasilA maior comparação entre os serviços aéreos e rodoviários quando se tem que optar por uma das opções é com relação ao preço da passagem. Mas será que compensa viajar de ônibus ou ir de avião, em uma viagem programada para uma das principais cidades do litoral de São Paulo, saindo do interior do Estado. Quem mora longe de capital e quer aproveitar o próximo verão em uma das praias de São Paulo, já deve saber que a primeira parada em Sampa é obrigatória, tanto para quem optar pelas viagens de ônibus, quanto para os que vierem voando.

Viajando de avião

Como não há aeroportos para voos domésticos em nenhum dos municípios litorâneos do Estado, o jeito é desembarcar em São Paulo. De lá, o passageiro pode pegar um ônibus com destino a cidade desejada, agregando custos a viagem.

PONTO NEGATIVO – O problema neste caso é com o valor do transfer até o terminal rodoviário desejado.

PONTO POSITIVO – O trajeto até a capital tem a mesma média de custo do serviço rodoviário, porém, é feito pela metade do tempo. O preço da passagem rodoviária de São Paulo até o litoral é em conta.

Viajando de ônibus

Partindo do interior do Estado não há nenhuma conexão rodoviária possível que ofereça o desembarque até o litoral, sem que haja uma parada em uma das rodoviárias de São Paulo. Portanto é preciso comprar duas passagens de ônibus para chegar ao destino final.

PONTO NEGATIVO – O desembarque das linhas interestaduais com saída do interior de São Paulo é feito sistematicamente na rodoviária de Barra Funda, enquanto que os embarques com destino ao litoral norte e sul do Estado são realizados nos terminais do Tietê e Jabaquara, ou seja, será preciso contratar outro transporte para trocar o terminal rodoviário (isso gera custo e perda de tempo).

PONTO POSITIVO – Mesmo com integração entre as rodoviárias, de ônibus é mais fácil calcular o tempo de chegada e assim reservar o melhor horário para embarcar no segundo ônibus com destino as praias, com maiores opções de deslocamento.

Horário de verão interrompe venda de passagens rodoviárias

Para evitar dúvidas no embarque durante o horário de verão, venda de passagens rodoviárias é suspensa.

Dúvida nos horários de ônibus.

O horário de verão que adianta uma hora no relógio dos brasileiros, fez com que a venda de passagens rodoviárias nas três rodoviárias de São Paulo fosse suspensa por pelo menos uma hora. Por causa do novo horário, praticado desde a madrugada do último domingo (19), os terminais rodoviários da capital paulista suspenderam seus embarques durante o momento da mudança do horário, que aconteceu entre as 0h e 0h59 de sábado para domingo. Neste período ninguém pôde reservar as passagens de ônibus para embarcar. Responsável pela proibição, a Socicam – empresa que administra as três estações rodoviárias de São Paulo, decidiu interromper a venda na marcação do novo horário, para evitar perdas e dúvidas na hora de viajar.

Quem chegou ou partiu do terminal Tietê (Zona Norte da capital), Barra Funda (Zona Oeste) ou Jabaquara (Zona Sul), às 23h59, não encontrou mudanças no local. Segundo a administradora, os veículos rodoviários com partidas marcadas até este horário, viajaram normalmente. Apesar da paralisação de uma hora, as empresas rodoviárias que operam em São Paulo aprovaram a medida, já que é comum gerar tumultos e confusões justamente no momento é que é feito o adiantamento dos ponteiros, para obedecer ao horário de verão. Durante o final de semana, a Socicam disponibilizou um atendimento telefônico para esclarecer dúvidas e informar passageiros sobre os horários de ônibus das rodoviárias da cidade.

As companhias de ônibus também foram liberadas para prestarem informações diretamente aos seus clientes. Mesmo com o movimento intenso, registrado diariamente nos corredores da rodoviária do Tietê, em soma as demais estações de transporte público e interestadual, poucas viagens rodoviárias neste período de interrupção acontecem nos terminais. A maioria dos embarques realizados neste horário é registrada em linhas de média e longa distância, por passageiros que querem viajar para outras cidades de São Paulo, ou até mesmo ir para outro Estado. O horário de verão acontece uma vez ao ano e dura toda a estação mais quente do ano, com intuito de estabilizar o nível de reservatórios de hidrelétricas, aumentando a produção sem ampliar o uso regular de energia elétrica.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress