Tag terminais rodoviários

Passagens de ônibus de estudante devem ser validadas em Fortaleza

Carteirinhas de estudantes 2013 perdem validade.

Carteirinhas de estudantes 2013 perdem validade.

Já fazem duas semanas que estudantes da rede pública de ensino de Fortaleza não puderam embarcar no transporte público da cidade. O motivo, a validade das carteirinhas de estudantes que eram utilizadas no lugar das passagens de ônibus desde 2012. Quem não fez o pedido e perdeu o prazo para validar o beneficio novamente terá que pagar o valor integral nas viagens rodoviárias. Júlio Ferreira, estudante universitário da capital viaja em quatro ônibus diariamente, e com a carteirinha só pagava o valor de meia passagem. Agora ele e centenas de estudantes terão que apresentar o novo documento para continuar economizando com o transporte. Sem prorrogação, o prazo para garantir os embarques com desconto foi até o dia 15 de agosto, um dia antes das carteirinhas antigas perderem a validade nas catracas.

De acordo com o superintende do vale transporte do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), Paulo César Viera, o prazo já foi prorrogado várias vezes e a validade que era para entrar em vigor desde maio deste ano só está sendo praticada agora. Apesar de mais de 300 mil documentos estudantis já serem regularizados, Paulo Viera acredita que faltou planejamento e organização por parte de muitos jovens na hora de pedir a nova documentação. “Não foi por falta de acesso e nem de divulgação que muitos estudantes perderam o prazo. Realizamos o atendimento em todos os terminais rodoviários e intensificamos a regularização das carteirinhas em vários pontos da cidade”, explica. Os que estudam em escolas públicas tiveram que procurar a direção da instituição. Já os que ingressos em escolas particulares foram orientados a se cadastrarem e emitirem boleto bancário no site da Etufor.

Manifestações
Vários estudantes de Fortaleza se reuniram nos terminais de ônibus em protesto a favor da validade das antigas carteirinhas estudantes adiando por inúmeras vezes a nova regularização proposta pela Etufor. Durante as manifestações, houve intervenção da polícia que também confrontou com usuários de ônibus indignados com os valores das passagens. Os manifestantes foram atingidos com spray de pimenta, balas de borracha e bombas de efeito moral e de gás lacrimogênio.

Passagens rodoviárias irregulares estão na rota da ANTT

ANTT está fiscalizando veículos irregulares.

ANTT está fiscalizando veículos irregulares.

Novas regras de controle e combate contra o transporte irregular passaram a perseguir quem venda passagens rodoviárias ilegalmente em terminais rodoviárias do Brasil. Desde março, a ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres que regulariza o transporte rodoviário do país já apreendeu vários veículos infratores e suspendeu em mais de 72 horas de operação de quem estava circulando sem respeitar as normas previstas por lei. O reforço contra a pirataria, já afastou das ruas 250 ônibus, o que garante que pelo menos 10 mil usuários do serviço rodoviário estão embarcando em companhias de ônibus regulares. Assim que os veículos irregulares são descobertos pela ANTT, as viagens são asseguradas até o ponto final, com parada nas rodoviárias indicadas no trajeto.

Segundo documento da agência reguladora, o transporte clandestino não garante os direitos do passageiro previstos por lei, e o pior coloca o usuário em situação de vulnerabilidade após transportarem seus clientes em frotas sucateadas e veículos sem manutenção adequada. O compromisso dos infratores em casos de acidentes e outros imprevistos também não são praticados, assim como acontece com a gratuidade em passagens de ônibus oferecidos para idosos com mais de 65 anos, remarcação de passagens e baldeações quando o ônibus em transporte apresenta falha mecânica. A Receita Federal, Receitas Estaduais, Polícia Rodoviária Federal e Polícias Militares também participam e acompanham o processo de inibição do transporte rodoviário clandestino que além de não cumprirem as normas de operação, sonegam impostos, facilitam o contrabando e em alguns casos utilizam os veículos para transportar armas e drogas.

O número apontado pela fiscalização que mais surpreende é em relação ao transporte rodoviário de linhas interestaduais de passageiros, representado por cerca de 5% das empresas clandestinas que realizam viagens irregulares com maior intensidade ou não dependendo da localização. Quem compra as passagens de ônibus interestaduais precisa ficar de olho nos embarques de longa distância que ligam o eixo norte ao nordeste do Brasil, principalmente entre viagens do Pará e Maranhão ao Centro-Oeste e Sudeste, e Goiás e São Paulo. O Brás, em São Paulo é o ponto principal do transporte clandestino realizados no estado paulista e outras regiões vizinhas.

Comprar passagem rodoviária em Curitiba tem que ser no cartão

Micro-ônibus de Curitiba só aceitam pagamento com cartão.

Micro-ônibus de Curitiba só aceitam pagamento com cartão.

Chegou o fim da cobrança de passagens de ônibus com dinheiro em viagens no transporte coletivo da capital do Paraná. A partir do dia 1 de agosto, os micro-ônibus de Curitiba só receberam pagamentos com o cartão-transporte. Os veículos que dispensam serviços do cobrador em pelo menos em 62 linhas da cidade, estão passando por uma série de mudanças promovidas pela Urbanização de Curitiba S.A. (Urbs). Para não atrapalhar a vida de quem precisa comprar passagem rodoviária, a empresa de urbanização vem intensificando a venda dos cartões magnéticos nas últimas duas semanas. Mais três pontos de emissão dos cartões já estão funcionando, assim como acontece nos terminais rodoviários Cabral e Santa Felicidade e também na Rua Nestor de Castro, com atendimento das 7 às 19h e das 7h às 12h entre segunda e sexta-feira, e com horários especiais aos sábados.

Todos os postos em funcionamento passaram a vender os bilhetes rodoviários também no sábado. 23 bancas de jornal já cadastradas devem oferecer os cartões de transporte assim que o serviço se tornará obrigatório. Será possível a compra de cartões avulsos, já carregados com 25 créditos e ainda fazer recargas em cartões atuais em qualquer um dos postos de atendimento. O Cartão-Transporte aceita recarga de até 220 créditos. Com eles dá para andar de ônibus o mês inteiro sem se preocupar com pagamentos. A Urbs garante que até o final de 2014, mais pontos comercias e outras bancas de jornais de Curitiba deverão vender o serviço.

Os descontos promovidos aos domingos, com redução no preço das passagens de R$ 2,70 para R$ 1,50 também será garantida pelo uso dos cartões. A tarifa domingueira é válida em todas as linhas da Rede Integrada de Transporte (RIT). A novidade vai valer como teste para que outras capitais brasileiras sigam o mesmo exemplo de Curitiba. Se o usuário responder bem aos pagamentos com exclusividade dos cartões, certamente, serviços desse tipo se tornaram mais comum nos pagamentos de passagens rodoviárias. Além de serem mais práticos e seguros na hora de embarcar, os créditos dos cartões são acumulativos e podem ser gastos apenas quando o usuário precisar.

Reajuste em passagens de ônibus interestadual entra em vigor

Compra de passagens de onibus com cartao de credito

Site facilita comprar passagens de ônibus com cartão de crédito.

Mal deu tempo de aproveitar o clima festivo da Copa do Mundo no Brasil que as empresas de ônibus interestaduais colocaram em prática o reajuste anual de 4,792% no valor das passagens de ônibus, assim que o segundo semestre de 2014 começou. Como já era esperado desde o começo do ano, os bilhetes rodoviários para viagens de média e longa distância passariam a sofrer reajuste sobre o coeficiente tarifário que reajusta o serviço do transporte interestadual com distância acima de 75 km. O aumento controlado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) acontece anualmente e está previsto em contrato assinado pelas companhias de ônibus que se enquadram neste tipo de serviço.

O preço das passagens é determinado pela variação de preço do óleo diesel usado pelas empresas, pelo índice de correção da variação salarial (INPC) e pelo índice que mede a inflação do período (IPCA), além da soma de impostos junto às taxas de embarque recolhidas por alguns terminais rodoviários, sem se esquecer do valor pago em pedágios de rodoviárias cedidas por concessão, para definir o valor comercial das passagens. Desde o dia 3 de outubro de 2013, ninguém sabe o que é pagar um bilhete reajustado em viagens de ônibus de longa distância. A variação do coeficiente tarifário pode chegar a 50 centavos por passageiro a cada quilometro rodado de acordo com o tipo de ônibus escolhido, seja do ônibus Convencional com ou sem sanitário, tipo Executivo, Semileito e até Leito.

Por causa da própria competição futebolística e das férias escolares do meio do ano, ainda não dá para calcular o prejuízo que as auto viações poderão ter com a diminuição das vendas, mais caras com o reajuste. Segundo empresários de transportadoras, até o momento a população respondeu bem ao aumento, já que a diferença para uma viagem rodoviária do interior do Estado até São Paulo, no valor de R$ 100,00 não fica mais cara do que R$ 5,00. Entretanto, a medida não é válida para transportes rodoviários do tipo semiurbano que viajam para outros Estados e operam em trajetos para fora do Brasil.

Argentinos foram os que mais compraram passagens rodoviárias

Argentinos preferiram andar de ônibus.

Argentinos preferiram andar de ônibus.

Apesar de terem ficado com um simbólico segundo lugar na disputa da Copa do Mundo do Brasil, os argentinos foram os campeões em viagens realizadas dentro do país durante o torneio da FIFA. Seguido pelos americanos, que nos últimos anos começaram a dar mais valor para o futebol, nossos “hermanos” foram os turistas estrangeiros que mais compareceram nos estádios e preferiram os serviços rodoviários na hora de se locomover. Estudos realizados por agências de turismo na internet comprovam que a invasão dos vizinhos sul-americanos acompanhada pela TV também se fez presente nos principais terminais rodoviários das cidades-sede da Copa. Devido à crise econômica nacional e a proximidade entre os países, muitos vieram prestigiar a seleção argentina, de ônibus fretado ou veículo particular. Por isso, quando foi preciso chegar até os estádios de futebol, as reservas de passagens rodoviárias foram inevitáveis.

Mesmo aqueles que se deram o luxo de voar pelos ares brasileiros, tiveram que se render as companhias de ônibus do Brasil para poder concluir o trajeto, já que muitas linhas aéreas beneficiam a venda de passagens de ônibus nas capitais. Segundo o levantamento, os argentinos foram os que mais fizeram viagens de ônibus, somando 25% do total de bilhetes rodoviários vendidos neste período. Os turistas de fora do país que mais procuraram pelos ônibus rodoviários, depois dos argentinos, foram os americanos, que contabilizam 18% das viagens em sites como o Quero Passagem.

A startup lançada no final do ano passado, foi a primeira do setor a implantar versões em inglês e espanhol e oferecer formas de pagamento com cartões internacionais, sem a necessidade de informar o número do CPF. Segundo a agência online que vende mais de três mil destinos rodoviários, uruguaios, colombianos, franceses, mexicanos, chilenos e alemães somaram pouco mais de 20% das vendas estrangeiras do site. Por causa do bom chaveamento dos jogos e das duas partidas disputadas pela seleção brasileira no estádio Mineirão, Minas Gerais foi o Estado que mais registrou embarques de viagens interestaduais durante o Mundial. No Nordeste do Brasil, Salvador, Recife, Natal e Fortaleza foram os destinos mais acessados nos últimos 30 dias.

Comprar passagem rodoviária nunca foi tão fácil com a QP

Startup vende mais de 3 mil destinos rodoviários.

Startup vende mais de 3 mil destinos rodoviários.

Quem não tem nem metade do valor comprado para embarcar em uma viagem de ônibus interestadual, não tem mais desculpas para ficar em casa durante os finais de semana e os feriados prolongados que acontecem o ano todo.
Graças a nova forma de pagamento da startup Quero Passagem, comprar passagem rodoviária nunca foi tão prático, rápido e seguro.
Agora é possível visitar parentes e amigos em cidades vizinhas, ou até conhecer novos Estados a bordo das melhores companhias rodoviárias do Brasil, parcelando os bilhetes de ônibus em até 12 vezes no cartão de crédito nacional e internacional.
O benefício lançado no começo desse mês também facilita a vida de turistas estrangeiros que estão acompanhando os jogos da Copa do Mundo no Brasil.

O e-commerce em atividade desde o final do ano passado e que vende mais de três mil destinos rodoviários em 90% do território nacional, é um dos que mais está incentivando o uso de coletivos. Para o CEO da Quero Passagem, Lukasz Gieranczyk, essa é a melhor chance de se viajar pelo Brasil. “Pensando na comodidade do público e funcionalidade que o serviço online oferece, viabilizamos a compra rápida e fácil de bilhetes em viações brasileiras com ótimas condições de conforto, pontualidade e segurança”, conta.
Pelo menos 30 empresas de ônibus estão credenciadas na agência que comercializa de forma online passagens de ônibus e informações sobre itinerários, terminais rodoviários e tira dúvidas.

Seja no site ou no celular, quem navega pela página da empresa pode reservar a poltrona que estiver livre e garantir a viagem de ida de volta sem sair de casa.
Além de trabalhar com o cartão de débito Visa ou Elo, cartão de crédito Visa, American Express, MasterCard ou Diners Club Internacional, o site também vende as passagens em boleto bancário.
Quem tem o aplicativo QP no seu celular pode comparar os melhores preços, aproveitar as promoções e pesquisar as linhas de ônibus disponíveis, antes mesmo de comprar os bilhetes rodoviários.
A Quero Passagem é a única empresa do setor rodoviário que disponibiliza o parcelamento em cartões de crédito de moedas internacionais.

Florianópolis terá passagem de ônibus barata pela 1ª vez

Concorrência no setor aéreo faz companhias de avião baixarem os preços das passagens para Copa do Mundo.

Florianópolis terá passagem de ônibus barata em Agosto.

Depois que a Copa do Mundo acabar, moradores da capital de Santa Catarina poderão comprar passagem de ônibus barata pela primeira vez na história da cidade.
Segundo anúncio oficial do prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Júnior, a tarifa das passagens rodoviárias irá diminuir a partir do dia 1 de agosto.
Para quem paga o voucher com cartões de crédito terá desconto de 12 centavos, deixando de desembolsar R$ 2,70 para pagar R$ 2,58, e 15 centavos de diferença na compra de passagens com pagamentos em dinheiro, no valor reajustado de R$ 2,75 praticado recentemente em R$ 2,90. Mais de 80% dos passageiros de ônibus da cidade reservam as passagens com cartões.
Já faz dois anos que o município não sabe o que é alterar a tarifa rodoviária. Antes de o benefício chegar, a integração entre ônibus que circulam na capital já tem novidades.

Agora é possível embarcar em outro veículo de qualquer ponto, apenas que seja respeitado o prazo máximo de duas horas de viagem. Antes a tolerância era de apenas 30 minutos e as integrações só valiam dentro dos terminais rodoviários. Com bom censo, a prefeitura entendeu que o prazo antigo era muito curto para realizar as conexões e resolveu aumentar. A ideia de não pagar adicionais para seguir viagem em outros ônibus foi aprovada pela população.
O prefeito de Florianópolis também garantiu que estudantes da cidade que comprovarem baixa renda não precisarão mais pagar para usar o serviço rodoviário. A nova regra deve favorecer mais de 10 mil jovens da capital, adquirida com o passe-livre.

A prefeitura também quer estender os benefícios da tarifa social a todas as famílias carentes da cidade. Atualmente, apenas moradores da comunidade do Maciço do Morro da Cruz são incluídos no programa que dá direito a embarques de famílias com renda de até três salários mínimos ou receita individual de até meio salário mínimo.
A partir de agora, todos poderão garantir a economia. Pai, mãe e dois filhos que não tinham direito a tarifa social terá uma poupança mensal de R$ 210,82, levando em consideração a necessidade de viagens em 22 dias úteis.

Passagem grátis atrai idosos nos guichês da viação Cometa

Viação Cometa garante duas passagens grátis para idosos que irão viajar pelo estado de São Paulo.

Companhias são obrigadas a reservarem duas poltronas.

Os guichês no terminal rodoviário de Santos e São Paulo, de onde são vendidas as passagens rodoviárias para viajar com a viação Cometa foram procurados por idosos, no final da semana passada.
Os usuários que possuem mais de 60 anos de idade foram até a rodoviária, assim que souberam que o governador Geraldo Alckmin havia assinado o decreto que estabelece gratuidade para passageiros com essa e mais idade nos ônibus intermunicipais de São Paulo.
De acordo com uma das atendentes que trabalha no setor de vendas da Cometa, no litoral do estado, muitos idosos passaram pelo local para esclarecer dúvidas sobre o benefício.

“A maioria ficou contente com a novidade, mas precisam saber que a gratuidade só é válida se for reservada um dia antes do embarque, e nas condições de que a companhia de ônibus abra mão de apenas duas poltronas”, explica a atendente Renata Ferreira.
Segundo o decreto, cabe ao passageiro com mais de 60 anos, garantir a passagem 24 horas antes e chegar até a rodoviária meia hora antes de o ônibus partir. Já as empresas de transporte público ficam encarregadas de reservar dois assentos por viagens, em locais de fácil acesso, tanto na hora de entrar, quanto na hora de sair.
A lei ainda permite a acessão das vagas, em menos de 24 horas para o embarque, quando há disponibilidade de lugares para determinada viagem. As companhias de ônibus podem vender todos os assentos, depois que o prazo de reserva ser cumprido.

Quem não cumprir com a lei, pode ser multado em R$ 4.028, ou ter que pagar taxas para a Unidade Fiscal do Estado de São Paulo (Ufesps).
Para viagens intermunicipais e urbanas, a taxa de embarque cobrada pelos terminais rodoviários, ainda fará parte das despesas dos passageiros com mais de 60 anos. Por outro lado, a lei favorece os idosos em viagens interestaduais, garantindo o mesmo benefício.
Desde que a alteração no cota dos idosos foram aplicadas, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) não havia registrado reclamações no estado de São Paulo.
Irregularidades e queixas podem ser feitas no telefone 0800-727 8377 ou pelo e-mail ouvidoria@artesp.sp.gov.br.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress