Tag prefeitura de Campinas

Confira os preços de passagens de ônibus de Campinas

desconto em preço de passagem de ônibus

Preço de passagens rodoviária de Campinas.

Desde o começo de agosto, os preços de passagens de ônibus municipais em Campinas, localizada no interior de São Paulo, registraram aumento de 10% no bolso dos passageiros. O valor dos bilhetes rodoviários antes comercializados por R$ 3 passaram a ser vendidos no valor de R$ 3,30. Apesar do aumento, já fazem mais de três anos que o campinense não sabem o que é pagar reajustes nas passagens de ônibus. De acordo com a prefeitura da cidade, dessa vez o aumento foi inevitavelmente, justamente porque os custos operacionais e a inflação acumulada medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) do mês passado, chegou à subir 16,29%.

Para a Transurc – Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas, o preço do combustível subiu demais, assim como a inflação dos lubrificantes e as peças e acessórios que são compradas em manutenções da frota rodoviária. Sem esquecer do aumento salarial de motoristas promovido duas vezes só neste ano, comprometendo o orçamento de empresas rodoviárias. O aumento no preço das passagens não irá compensar a perda econômica vivida por empresas do setor. Apenas deve minimizar os prejuízos e reequilibrar o déficit causado pelas inflações – a tarifa era para ter entrado em vigor há um ano, porém foi adiada depois que milhares de brasileiros foram às ruas protestarem contra o aumento das passagens.

O secretário de Transportes e presidente da Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), Carlos José Barreiro, admitiu que o repasse de subsídios pagos pela prefeitura em torno de R$ 43 milhões destinados a gratuidades nas viagens rodoviárias deve ser reduzido pela metade. A pasta espera colocar a façanha em prática depois que o pagamento das passagens em dinheiro for proibido e substituído por cartões magnéticos (o que deve eliminar a função de cobradores de companhias de ônibus, reduzindo os custos operacionais das empresas). A ação já está programada para começar em outubro deste ano, e por hora só deve valer para o trecho do Corredor ABD (Jabaquara/Diadema/Brooklin). Dados do IBGE revelam que a cidade paulista tem mais de 240 mil passageiros ativos que viagem diariamente em 1.250 veículos rodoviários.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress