Tag passagem gratuita

Passagem de ônibus de Santa Cruz das Palmeiras é gratuita

passagem gratuitaDesde o começo deste mês, os moradores que utilizam o transporte regular de passageiros na cidade de Santa Cruz das Palmeiras, em São Paulo, não sabem o que é pagar para embarcar. É isso mesmo! Antes o que era apenas um benefício voltado a estudantes e idosos da cidade paulista, agora virou realidade para toda a população, que pagava R$ 0,40 na passagem rodoviária. A mudança foi possível graças ao valor cobrado pela companhia de ônibus contratada pela prefeitura que proporcionou estudos e fez com que a administração da cidade percebesse que seria mais vantajoso e barato operar as linhas urbanas do que subsidiar parte da operação dos serviços prestados pela atual operadora, que cobrava mensalmente R$ 20 mil.

Ao assumir a operação, a prefeitura garantiu a tão sonhada gratuidade ao serviço de transporte coletivo e ainda conseguiu uma redução de 30% no custo operacional, já que vai gastar em média R$ 13 mil mensais para manter em funcionamento os serviços que eram prestados pela atuação operadora. Para realizar o serviço gratuito entre os bairros da cidade, a prefeitura de São Cruz das Palmeiras adquiriu dos ônibus seminovos que, segundo ela é suficiente para atender a demanda rodoviária da cidade. Segundo o prefeito, além da cidade ser pequena, apenas 15% da população atual utiliza o transporte rodoviário para se deslocar. Os itinerários e locais de parada continuam da mesma forma que a companhia de ônibus oferecia, porém os horários foram alterados, com mais horários de ônibus entre as viagens regulares.

Agora é possível embarcar gratuitamente de hora em hora, com uma hora de parada e uma em circulação, das 6 horas da manhã até a meia-noite, e claro sem pagar absolutamente nada! Com a gratuidade, a prefeitura da cidade acredita que o número de usuários do serviço deve crescer na cidade, o que obrigará de mais recursos no setor.

Companhias de ônibus de POA querem aumentar preço da passagem

preço de passagensAs empresas de ônibus que circulam na cidade Porto Alegre querem elevar o preço da passagem para R$ 4,26. Atualmente, quem anda de ônibus na capital do Rio Grande do Sul paga R$ 3,75 pela passagem. Para conseguir o feito, as companhias já protocolaram na EPTC – Empresa Pública de Transporte e Circulação um pedido de revisão do cálculo da tarifa de todos os coletivos. Para a EPTC, o preço ideal para aumentar o serviço dentro do dissídio anual dos rodoviários é elevar a tarifa a 13,75%, chegando a praticar valores de até R$ 4,05 – menos do que as empresas pedem já para o primeiro semestre deste ano.

O reajuste salarial da categoria também já foi aprovado em fevereiro, com aumento de 5,5% na folha salarial. Além disso, o valor do ticket-alimentação será elevado de R$ 23,48 para R$ 25, e o plano familiar de saúde pago pelos funcionários sobe de R$ 30 para R$ 45. Os cobradores também terão garantia de trabalho para os próximos três anos. A categoria representa atualmente mais de 8 mil trabalhadores. A EPTC admite que as gratuidades é um dos fatores que mais pesa no aumento de operação das viagens rodoviárias de Porto Alegre, já que elas representam metade dos embarques diários. É a lógica do avião sendo aplicada nos ônibus da capital, quanto mais pessoas pagam pelo serviço, menos ele vale, e assim vice-versa.

Para a Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP), as isenções são realmente as grandes vilãs destes aumentos. Porto Alegre é hoje a capital, sem subsídio do governo, que mais dá gratuidades nos serviços rodoviários. Por isso a ideia defendida pela ATP é rever as gratuidades para poder minimizar o preço de operação dos veículos, incluindo o rodizio da passagem gratuita no segundo embarque, como forma de onerar a maioria e beneficiar a coletividade. Neste conceito, a cada três embarques, dois pagam a passagem.

Como garantir passagem rodoviária gratuita para idosos?

passagem para idososPrático, rápido e sem burocracia. É assim que os assentos reservados para idosos devem ser reservados, segundo consta na resolução da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT). Quem tem mais de 65 anos com renda igual ou inferior a dois salários mínimos, tem direito a embarcar sem pagar, em ônibus de linhas interestaduais – aquelas que são concedidas pelo Governo e que atendem viagens de longa distância. É importante ressaltar que o beneficio só é assegurado pelas companhias de ônibus para aqueles que ocuparem as duas primeiras poltronas. Quando os assentos já estão ocupados, o idoso também tem direito a um desconto de no mínimo 50% no valor cobrado pela viagem. Por isso, para garantir a passagem de ônibus gratuita é preciso solicitar o embarque com até três horas antes do horário de partida. É obrigatório apresentação de documento original com foto e a comprovação de renda mensal. Os que já possuem a carteira do idoso não precisam apresentar documento que comprove a renda, mas é preciso ir até o guichê da companhia rodoviária com antecedência para reservar o assento.

Viagens intermunicipais

A partir deste mês, a Socicam – empresa que administra o terminal Barra Funda e Tietê, terá de reservar pelo menos 5% dos assentos para uso exclusivo de pessoas com 60 anos de idade ou mais. O decreto redigido pelo atual prefeito, Fernando Haddad garante o benefício para quem utiliza o sistema municipal de transporte rodoviário, e tem idade classificada como idoso. Além da passagem gratuita para ônibus no Sistema de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo, as rodoviárias da Barra Funda e Tietê devem reservar pelo menos um lugar exclusivo e demarcado para idosos nas plataformas de embarque. Os terminais de São Paulo também têm de identificar os bancos no setor destinado a espera dos ônibus. Vale ressaltar que a lei deve ser seguida as empresas de ônibus, sob pena em casos de não cumprimento.

Transporte gratuito em Sorocaba contempla 80 mil idosos

passagem para idosoO serviço de transporte público em Sorocaba tem dado atenção especial aos idosos do município e ampliou os projetos para dar total gratuidade para o uso do transporte na cidade. Cerca de 80 mil sorocabanos com mais de 60 anos têm direito à gratuidade no transporte coletivo municipal que é gerenciado pela Urbes – Trânsito e Transportes. Da mesma forma que dispõem do benefício em Sorocaba, esses mesmos idosos podem usufruir da gratuidade nos ônibus que fazem o transporte de passageiros de uma cidade para outra. De acordo com o artigo 22, do Decreto 13.826, pessoas a partir de 60 anos e residentes em Sorocaba têm gratuidade no transporte coletivo municipal por meio do cartão sênior, que também é fornecido gratuitamente.

Para solicitar o cartão sênior, o cidadão deve comparecer na central de atendimento instalada no Terminal São Paulo, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, ou em uma das unidades da Casa do Cidadão, cujo atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, com um comprovante de endereço e um documento oficial que comprove a idade e retirar gratuitamente o cartão sênior. Segundo a Urbes – Trânsito e Transportes, o benefício é válido somente para moradores de Sorocaba, conforme discrimina a legislação municipal. A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), que gerencia e fiscaliza o transporte rodoviário intermunicipal, informou que pessoas com 60 anos em diante têm direito à gratuidade nas tarifas cobradas em viagens rodoviárias feitas por ônibus entre os municípios.

Esclarece, entretanto, que a gratuidade é limitada a duas passagens por veículo. Para ter direito ao benefício, o idoso deve fazer a reserva no ponto de venda de passagens com, no mínimo, 24 horas de antecedência e no máximo cinco dias, justamente porque os ônibus que fazem essas linhas têm poltronas numeradas e uma única porta para embarque e desembarque. No momento da reserva, é preciso fornecer os números do CPF e do RG. Ao embarcar, a pessoa precisa apresentar também o documento pessoal de identidade original (RG ou CNH).

Subsídio aumenta para compensar valor da passagem de Sorocaba

Subsídio de gratuidades no transporte rodoviário.

Subsídio de gratuidades no transporte rodoviário.

No ano que vem, cerca de R$ 36 milhões deverão ser gastos para subsidiar o transporte público de Sorocaba. A estimativa que prevê aumento de 25% no orçamento comparado com o que foi gasto este ano, faz parte do montante não arrecadado nas viagens de ônibus grátis para idosos, ou em tarifas reduzidas, concedidas em programas realizados pelas companhias rodoviárias. Pelos números da Urbes – Trânsito e Transportes, a cidade paulista tem um custo anual de R$ 200 milhões para fixar o valor da passagem de ônibus. Para garantir as gratuidades embutidas neste valor, é preciso que a própria autarquia desembolse R$ 29,5 milhões do seu orçamento, com o repasse municipal de R$ 6,5 milhões, para completar a diferença.

Com este investimento é possível garantir o transporte coletivo de pelo menos 4,9 milhões de passageiros, todo o mês. É esse número que determina quanto as concessionárias irão faturar no final do mês, mesmo quando elas liberam a passagem de idosos e outros grupos favorecidos. Segundo a Urbes, até setembro deste ano, R$ 26 milhões já foram gastos em subsídios para as empresas de ônibus de Sorocaba. Deste total, cerca de R$ 2,8 milhões foram financiados para cobrir as despesas de operação das companhias. O subsídio ao sistema de transporte coletivo é gerado através dos custos não cobertos pela tarifa pública, como a Integração Temporal, a Redução Tarifária (programa Domingão); Serviço de Transporte Especial e as gratuidades que no município paulista, prevê o embarque gratuito de passageiros entre 60 e 64 anos.

Nos últimos anos, a procura pelas passagens de ônibus coletivo da cidade vem registrando aumentos de 2% a 3% anuais. Apesar de o número ser pequeno, está entusiasmando responsáveis por órgãos que controlam o setor rodoviário de Sorocaba. De qualquer maneira, é preciso acompanhar a situação em que o brasileiro enfrenta no seu cotidiano. É importante estar sempre em observação para avaliar qual é a situação real da economia e da parte social do país, já que desempregos e alta dos impostos podem reduzir significativamente o número de interessando no transporte público de médias e grandes cidades.

Itapemirim passagens oferece promoção para fidelizar cliente

O preço de passagens rodoviárias para linhas interestaduais está mais caro em Belém do Pará, durante o feriado de Carnaval.

Itapemirim dá descontos no aluguel do carro.

Quem embarca nos ônibus rodoviários da Itapemirim passagens não tem do que reclamar com as promoções e os programas de fidelização promovidos pela auto viação. Afinal, é possível garantir bons descontos e até viajar de graça, dependendo da promoção. Os que viajam entre as capitais de São Paulo e Vitória podem pagar apenas R$ 49 para reservar a passagem rodoviária de ida ou de volta, e até parcelar o valor em 3 vezes. Isso tudo, graças a uma promoção por tempo limitado que tem validade é o final do mês que vem. O bilhete para realizar o trajeto dá direito de embarques em ônibus convencionais ou semileitos da viação Itapemirim.

Além dessa vantagem, a companhia de ônibus também resolveu facilitar a vida de quem reside em Brasília e quer chegar até a cidade maravilhosa, andando de ônibus. A linha interestadual que interliga a região centro-oeste com o sudeste do Brasil, sai por apenas R$ 89 para ir ou voltar, e também pode ser reservada em até 3 vezes. É preciso se antecipar para garantir uma poltrona nos ônibus credenciadas com essa promoção, que também tem duração até o dia 30 de novembro. Graças a uma parceria comercial com a empresa Movida Rent a Car, a viação Itapemirim está concedendo vários descontos para quem alugar um carro na empresa, assim que desembarcar no terminal rodoviário.

Além de economizar com o transporte, a viação rodoviária garante diárias gratuitas no plano semanal, oferece GPS por R$ 9,90 a diária e garante descontos de até 45% em cada locação. As parcerias e as promoções, ao lado de programas de fidelização, ajudam a cativar os clientes e dar a oportunidade de novos passageiros conhecerem os serviços rodoviários de uma das empresas mais antigas do país. Em um de seus programas, quem viaja cinco vezes nas linhas rodoviárias participantes, tem direito de uma viagem grátis pelo mesmo trecho.  A promoção também vai até o final do mês que vem e é válida para as linhas interestaduais entre Rio de Janeiro e Brasília, Brasília e Rio de Janeiro, Brasília e Juiz de Fora, e Juiz de Gora e Brasília.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress