Tag linhas intermunicipais

Preço de passagens intermunicipais dispara no segundo semestre

Preço de passagens subiu no segundo semestre.

Preço de passagens subiu no segundo semestre.

Quem depende do transporte rodoviário intermunicipal para se locomover não tem muito que comemorar no segundo semestre de 2015. A maioria das rotas rodoviárias subsidiadas por parte das prefeituras sofreu reajuste nos últimos três meses. Com a alta do dólar, o desnível inflacionário e a desaceleração econômica vivida pelo país, o setor rodoviário se viu obrigado a praticar um reajuste generalizado no preço das passagens rodoviárias que correspondem a trajetos intermunicipais.

Cubatão
A tarifa dos ônibus de Cubatão sofrerá reajuste a partir da semana que vem. O preço da passagem custará R$ 3,20 para a população. O pedido de reajuste na passagem solicitado pela viação Trans Lider, e vigora há dois anos, mas somente agora foi autorizado pela Prefeitura. Apesar do aumento, o transporte coletivo recebeu algumas melhorias. Além da renovação da frota, todos os ônibus deverão oferecer internet grátis e sistema de bilhetagem eletrônica aos seus passageiros.

Santa Catarina
A partir da semana que vem, viajar de ônibus em municípios metropolitanos de Florianópolis vai custar mais caro. O reajuste foi anunciado pelo Departamento de Transportes e Terminais (Deter) e corresponderá as linhas intermunicipais urbanas e rodoviárias em todo o Estado de Santa Catarina. O intuito é recuperar o déficit financeiro e restabelecer o caixa das auto viações, para evitar mais demissões. Nas viagens urbanas, entre municípios de longa distância como os da Grande Florianópolis, o valor da passagem fica 6,4% mais caro. Nas linhas rodoviárias, que são aquelas entre cidades mais distantes, em regiões diferentes, como Joinville e Criciúma, o aumento é ainda maior, de 7,42%.

Porto Alegre
A Agergs – Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul foi favorável ao pedido de reajuste da tarifa rodoviária para linhas de transporte de longo curso e rotas suburbanas. O aumento de mais de 10% passa a vigorar no mês de setembro.

Ceará
A passagem de ônibus intermunicipal de municípios cearenses está 8,24% mais cara, desde a semana passada. O reajuste foi aprovado em agosto pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce) e o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (DETRAN-CE).

Preço de passagens de ônibus sobe no litoral paulista

Passagens de Bertioga e Guarujá estão mais caras.

Passagens de Bertioga e Guarujá estão mais caras.

O aumento no preço de passagens de ônibus de Bertioga e do Guarujá veio em boa hora para as companhias rodoviárias. Justo na época mais movimentada do ano, as catracas devem registrar o aumento tarifário nas linhas intermunicipais da Baixada Santista. O aumento de 14,28% e 10,71% são os mais caros da região, ultrapassando os valores impostos pelas empresas de outras sete cidades do litoral, incluindo Santos e Praia Grande, onde lá o valor é de R$ 2,90. Com o reajuste, o guarujaense e turistas que desembarcarem na cidade para aproveitar as férias de verão, terão de desembolsar R$ 3,20 para circular na cidade. Já em Bertioga, a passagem rodoviária vale R$ 3,10.

A tarifa mais barata da região litorânea está sendo praticada em Peruíbe, com o valor de R$ 1,70. As viagens rodoviárias de Cubatão estão quase o mesmo preço de Bertioga e Guarujá, contabilizando R$ 2,85. Em São Vicente e Itanhaém, o preço para viajar de ônibus é R$ 2,60. A rodoviária de Mongaguá também tem preços mais acessíveis, com R$ 1,90 para ônibus intermunicipais. A prefeitura de Guarujá garantiu que o reajuste de quase 15% foi acatado depois de promover reuniões com representantes da sociedade, usuários do transporte público, responsáveis pelas transportadoras e sindicado dos empregados.

Com base em um estudo de gastos, a prefeitura alega que o aumento salarial da categoria e os insumos, gastos com pneus, peças, combustível, foram os principais motivos para que o passageiro pagasse mais pela passagem. Em contrapartida, o órgão público prometeu que o reajuste deverá trazer benefícios para o transporte. Está previsto até o final do ano, a instalação de wi-fi gratuito em todas as linhas rodoviárias e terminais da cidade. Além disso, são esperados mais 20 novos abrigos de ônibus antes do ano novo. Em Bertioga a situação é diferente. Lá, a viação Bertioga, empresa que administra o transporte público da cidade, não recebia aumento desde outubro de 2012. Foi por isso que só agora, passou a elevar o preço dos bilhetes rodoviários. Com a mudança, duas linhas que circulam pelos bairros Chácaras e Boraceia, em caráter experimental, passam a valer R$ 1,00.

Preço de passagens de ônibus intermunicipal sobe na Paraíba

Preço de passagem rodoviária sobe 7%.

Preço de passagem rodoviária sobe 7%.

O preço de passagens de ônibus intermunicipais para viagens no estado de Paraíba ficou 7% mais caro, desde o último domingo (9). Além do reajuste tarifário para o transporte rodoviário de passageiros, o valor para comprar uma passagem de balsa entre a travessia de Cabedelo a Costinha, também ficou mais caro. O aumento segue avaliação dos percentuais elevados pelo preço inflacionário nos últimos 12 meses. Apesar do descontentamento com o reajuste elevado já ser esperado por boa parte dos passageiros, a mudança aprovada pelo Conselho Executivo do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER) não correspondeu as expectativas das empresas rodoviárias responsáveis pelas viagens de ônibus entre linhas intermunicipais de Paraíba.

Para elas o valor ficou abaixo do pretendido para subsidiar reajustes salariais de funcionários, custos de operação como peças de reposição e insumos, e até os gastos com combustível. Quem depende do transporte coletivo para se deslocar até linhas urbanas e rodoviárias vai ter que pagar mais caro para continuar viajando. A linha Cabedelo/Costinha feita por transporte fluvial também está mais salgada para o bolso do usuário. As rotas rodoviárias mais movimentadas que passaram a reconhecer o aumento, partem da capital João Pessoa com destino a Cajazeiras, Conceição, Patos, Campina Grande, Guarabira, Itabaiana e Mamanguape. A linha rodoviária que mais subiu ficou cerca de R$ 6,00 mais cara. Confira o preço atualizado das passagens rodoviárias para ônibus urbanos de Paraíba:

João Pessoa/Alhandra – de R$ 6,25 para R$ 6,70
João Pessoa/Santa Rita  – de R$ 2,60 para R$ 2,85
João Pessoa/Santa Rita/Várzea Nova – de R$ 1,85 para R$ 2,00
João Pessoa/Cabedelo – de R$ 2,40 para R$ 2,55
João Pessoa/Renascer – de R$ 2,20 para R$ 2,35
João Pessoa/Conde – de R$ 3,90 para R$ 4,20
João Pessoa/Jacumã  – de R$ 6,25 para R$ 6,70
João Pessoa/Jacumã (via PB-008)  – de R$ 2,90 para R$ 3,10
João Pessoa/Bayeux  – de R$ 1,85 para R$ 2,00
João Pessoa/Bayeux/Sesi  – de R$ 1,20 para R$ 1,30
Campina Grande/Lagoa Seca  – de R$ 2,10  para R$ 2,25
Campina Grande/ Alagoa Nova – de R$ 4,10 para R$ 4,40
Campina Grande/Fagundes  – de R$ 3,85 para R$ 4,10
Campina Grande/ Serra Redonda – de R$ 4,10 para R$ 4,40
Campina Grande/Massaranduba  – de R$ 3,15 para R$ 3,35
Campina Grande/Queimadas – de R$ 3,15 para R$ 3,35
Mamanguape/Rio Tinto  – de R$ 1,60 para R$ 1,70

Copa do Mundo dita preço de passagens 2014

desconto em preço de passagem de ônibus

Preço de passagens aéreas sobem na Copa.

Com exceção das viagens realizadas através de companhias de ônibus, a Copa do Mundo fechou em alta o preço das passagens 2014 para passageiros de avião.
Nem mesmo com os anúncios de que as passagens aéreas iriam aumentar durante o Mundial, turistas que moram no Brasil e muitos estrangeiros deixaram de procurar os serviços de empresas pelos ares. A grande demanda pelas viagens da categoria fez que os preços das passagens disparassem assim que o evento tivesse início. Segundo informações do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), mais de 20% de aumento já pode ser constatado em todas as tarifas aéreas.

Os dados foram divulgados na última quarta-feira, 18, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e revelam a maior taxa inflacionaria do mês. O setor foi o que mais subiu no indicador mensal que mede os impactos da inflação. A contribuição alcançou 0,09 pontos porcentuais para a alta de 0,47% no IPCA-15 de junho.
Apesar de o reajuste geral ser considerado drástico, as elevações registradas separadamente por capitais que estão recebendo os jogos da Copa são ainda piores.
Só na capital da Bahia, por exemplo, esse mês está 37,39% mais caro para se viajar de avião. O número é parecido com o que acontece em Goiânia, local onde se vê a segunda maior acentuação no valor das passagens, com aumento de 33,87%. O Rio de Janeiro também teve alta de 33,53% para viagens durante a Copa.

Mesmo sendo uma das cidades-sede da competição, Belém é a capital que apresentou o aumento mais discreto, apenas 4,13% de reajuste.
Com os aumentos promovidos pelas empresas aéreas, o grupo Transportes se viu obrigado a deflagrar 0,50% de alta só neste mês. Segundo o próprio IBGE, as empresas de ônibus que oferecem linhas intermunicipais também aumentaram suas tarifas em 1,05%. Em contrapartida, os preços dos combustíveis deram uma trégua para as transportadoras brasileiras. Esse já é o mês mais barato com uma redução de 0,90%, comparados com 0,20% reduzidos no mês passado.
A gasolina está 0,35% mais barata do que o ano passado e o etanol 3,50% mais em conta.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress