Tag empresa rodoviária

Preço de passagens interestaduais e internacionais sobe 7,7%

Tarifa Anual.

Tarifa Anual.

Como já é de costume, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deu aval para as auto viações comercializarem suas passagens rodoviárias com aumento de até 7,708%. O reajuste é válido para linhas interestaduais e internacionais com embarque do Brasil e deve ser congelado para os próximos 12 meses. De acordo com publicação do Diário Oficial da União (DOU), o reajuste referente ao período de junho de 2014 a maio de 2015, atualiza os custos envolvidos na prestação dos serviços de transporte rodoviário de passageiros, a contar a partir do dia 1 de julho. Com uma diferença positiva de quase o dobro do que foi reajustado no mesmo período do ano passado, as empresas rodoviárias têm tudo para restabelecer o equilíbrio econômico de suas atividades deturbadas pela variação acentuada no preço do óleo diesel e das taxas anualizadas do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), usado para definir o reajuste de salário dos funcionários das empresas, e do Índice Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Reajuste é previsto por lei
Não adianta reclamar! O preço das passagens para viagens de longa distância sempre são reajustes uma vez ao ano. Isso é lei e esta previsto na Resolução nº. 1627/2006, da ANTT.

Viagens rodoviárias
Entre uma das linhas de ônibus mais acessadas ao norte do Brasil, o aumento tarifário já está sendo praticado pelas companhias Eucatur, Amatur Amazônia, Rival Turismo e Transporte e Asatur Turismo. Todas fazem o trajeto que liga as capitais de Amazonas e Roraima. A Eucatur informou que o aumento no valor das passagens deve impactar de forma positiva na gestão dos projetos impostos pela empresa. Até o final do mês que vem, a auto viação garante que manterá o valor da passagem promocional para o trecho Manaus a Boa vista, no valor de R$ 70. O bilhete rodoviário tem preço médio de R$ 128. A viagem até a Venezuela é outra linha com preço abaixo do mercado, saindo apenas R$ 290,45 com embarque do terminal de Manaus.

Valor da passagem de Curitiba sobe em fevereiro

É hora de pegar o calendário e fazer as contas.

É hora de pegar o calendário e fazer as contas.

O valor da passagem rodoviária no sistema de transporte coletivo de Curitiba vai sumir a partir do primeiro final de semana de fevereiro. O aumento calculado em mais de 10% elevará a tarifa antes praticada por R$ 2,85 para R$ 3,30. Para minimizar o prejuízo com o reajuste, a dica é garantir o embarque através do cartão-transporte. Com ele, é possível economizar 15 centavos em cada viagem de ônibus. Quem já utiliza o recurso só começará a pagar mais caro pelos bilhetes rodoviários, daqui 30 dias. Já fazem dois anos que a prefeitura da cidade não aumenta o preço das passagens. O último reajuste praticado em 2013 elevou as tarifas em 12%. Segundo a prefeitura, com o que estava sendo cobrado não era possível subsidiar os salários dos funcionários e dos insumos que correspondem 50% e 20% respectivamente.

Para operar sobre o preço calculado pelos índices da tarifa técnica, somando os custos operacionais do sistema, era preciso desembolsar mais 30 centavos em cada embarque realizado. O valor é baseado nos percentuais de reajuste dos itens que compõem a planilha de custos do sistema, projetando uma variação salarial dos trabalhadores próxima do INPC dos últimos 12 meses. A prefeitura de Curitiba deve assumir os custos de operação da Rede Integrada de Transporte (RIT), na ordem de R$ 2 milhões, para atuação de linhas urbanas da cidade.

Caso o governado Beto Richa não concorde com o preço repassado ao Estado para atender a região metropolita do Paraná, o valor não deverá ser passado pelos cofres do Fundo de Urbanização de Curitiba (FUC), garantindo a transparência dos investimentos no setor de transportes do estado paranaense, mesmo que o transporte intermunicipal seja de responsabilidade dos Estados. Aproveitando a onda dos reajustes, funcionários das empresas rodoviárias formados por motoristas e cobradores já se organizam para realizar uma breve em busca de aumento salarial e outros benefícios. A negociação será intermediada entre representantes patronais, em defesa de um reajuste de 17% no salário. Apesar disso, o que se sabe é que a prefeitura está disposta a pagar apenas 7% dessa diferença.

Preço de passagens 2014 trará boas recordações aos cariocas

Passagens rodoviários do Rio de Janeiro devem ficar mais caras.

Passagens rodoviários do Rio de Janeiro devem ficar mais caras.

O aumento já esperado de 5% no valor do diesel poderá elevar o preço das passagens rodoviárias, logo no começo do ano novo, para quem mora no Rio de Janeiro. Se a previsão da Associação Nacional das Empresas de Transporte Urbano (NTU) estiver certa, o preço de passagens 2014 praticado desde o último reajuste em março deixará saudades. A estimativa é de que os insumos gerem um aumento na tarifa rodoviária de pelo nos R$ 0,10. Para a NTU, o valor do combustível pode prejudicar o orçamento das companhias rodoviárias em até 30%. Uma porcentagem elevada e desleal quando é comparada com os custos para automóveis, que apenas terão de pagar aumento de 3% sobre a gasolina.

O repasse desprivilegiando o transporte coletivo deve impactar no valor das passagens, e ainda inviabilizar investimentos na melhoria e renovação de frotas rodoviárias que atendem os municípios cariocas. Especialistas em inflação acreditam que o reajuste tarifário é inevitável, no entanto, não deve salgar o bolso do consumidor, porque o valor estabelecido nas catracas, ainda está abaixo do limite proposto pelas capitais brasileiras. Para a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Rio (Fetranspor), as passagem de ônibus do Rio já estavam defasadas antes do aumento do diesel, por causa do recuo causado pelas manifestações, no meio do ano. De lá pra cá, as auto viações também reajustaram os salários dos funcionários em 10%.

Quatro consórcios que administram os ônibus rodoviários estão livres para realizar o reajuste anual ainda em janeiro, segundo fórmula paramétrica, com base nos índices calculados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os dados medem o aumento de custos, como combustível, mão de obra, veículos e peças, e estão assegurados nos contratos de concessão. No restante do Brasil, os reajustes já começaram a ser praticados. Em Curitiba, por exemplo, a passagem de ônibus saltou de R$ 2,70 para R$ 2,85, e Recife deve definir os novos valores ainda neste mês. Já em São Paulo, o bilhete rodoviário não será reajustado, permanecendo em R$ 3, graças aos subsídios milagrosos da prefeitura.

Reajuste em passagens de ônibus interestadual entra em vigor

Compra de passagens de onibus com cartao de credito

Site facilita comprar passagens de ônibus com cartão de crédito.

Mal deu tempo de aproveitar o clima festivo da Copa do Mundo no Brasil que as empresas de ônibus interestaduais colocaram em prática o reajuste anual de 4,792% no valor das passagens de ônibus, assim que o segundo semestre de 2014 começou. Como já era esperado desde o começo do ano, os bilhetes rodoviários para viagens de média e longa distância passariam a sofrer reajuste sobre o coeficiente tarifário que reajusta o serviço do transporte interestadual com distância acima de 75 km. O aumento controlado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) acontece anualmente e está previsto em contrato assinado pelas companhias de ônibus que se enquadram neste tipo de serviço.

O preço das passagens é determinado pela variação de preço do óleo diesel usado pelas empresas, pelo índice de correção da variação salarial (INPC) e pelo índice que mede a inflação do período (IPCA), além da soma de impostos junto às taxas de embarque recolhidas por alguns terminais rodoviários, sem se esquecer do valor pago em pedágios de rodoviárias cedidas por concessão, para definir o valor comercial das passagens. Desde o dia 3 de outubro de 2013, ninguém sabe o que é pagar um bilhete reajustado em viagens de ônibus de longa distância. A variação do coeficiente tarifário pode chegar a 50 centavos por passageiro a cada quilometro rodado de acordo com o tipo de ônibus escolhido, seja do ônibus Convencional com ou sem sanitário, tipo Executivo, Semileito e até Leito.

Por causa da própria competição futebolística e das férias escolares do meio do ano, ainda não dá para calcular o prejuízo que as auto viações poderão ter com a diminuição das vendas, mais caras com o reajuste. Segundo empresários de transportadoras, até o momento a população respondeu bem ao aumento, já que a diferença para uma viagem rodoviária do interior do Estado até São Paulo, no valor de R$ 100,00 não fica mais cara do que R$ 5,00. Entretanto, a medida não é válida para transportes rodoviários do tipo semiurbano que viajam para outros Estados e operam em trajetos para fora do Brasil.

Copa do Mundo dita preço de passagens 2014

desconto em preço de passagem de ônibus

Preço de passagens aéreas sobem na Copa.

Com exceção das viagens realizadas através de companhias de ônibus, a Copa do Mundo fechou em alta o preço das passagens 2014 para passageiros de avião.
Nem mesmo com os anúncios de que as passagens aéreas iriam aumentar durante o Mundial, turistas que moram no Brasil e muitos estrangeiros deixaram de procurar os serviços de empresas pelos ares. A grande demanda pelas viagens da categoria fez que os preços das passagens disparassem assim que o evento tivesse início. Segundo informações do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), mais de 20% de aumento já pode ser constatado em todas as tarifas aéreas.

Os dados foram divulgados na última quarta-feira, 18, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e revelam a maior taxa inflacionaria do mês. O setor foi o que mais subiu no indicador mensal que mede os impactos da inflação. A contribuição alcançou 0,09 pontos porcentuais para a alta de 0,47% no IPCA-15 de junho.
Apesar de o reajuste geral ser considerado drástico, as elevações registradas separadamente por capitais que estão recebendo os jogos da Copa são ainda piores.
Só na capital da Bahia, por exemplo, esse mês está 37,39% mais caro para se viajar de avião. O número é parecido com o que acontece em Goiânia, local onde se vê a segunda maior acentuação no valor das passagens, com aumento de 33,87%. O Rio de Janeiro também teve alta de 33,53% para viagens durante a Copa.

Mesmo sendo uma das cidades-sede da competição, Belém é a capital que apresentou o aumento mais discreto, apenas 4,13% de reajuste.
Com os aumentos promovidos pelas empresas aéreas, o grupo Transportes se viu obrigado a deflagrar 0,50% de alta só neste mês. Segundo o próprio IBGE, as empresas de ônibus que oferecem linhas intermunicipais também aumentaram suas tarifas em 1,05%. Em contrapartida, os preços dos combustíveis deram uma trégua para as transportadoras brasileiras. Esse já é o mês mais barato com uma redução de 0,90%, comparados com 0,20% reduzidos no mês passado.
A gasolina está 0,35% mais barata do que o ano passado e o etanol 3,50% mais em conta.

Preço de passagens de ônibus está 4 vezes mais barato do aéreo

Viação Itapemirim passagens cobra o mesmo preço das concorrentes para viagens do Rio de Janeiro até São Paulo.

Passagens de ônibus é 400% mais barato que aéreo.

Segundo levantamento feito por um site especializado na comercialização de passagens rodoviárias, é possível comprar até quatro vezes a mesma passagem de ônibus com o preço pago para embarcar em uma viagem aérea do mesmo destino.
Na pesquisa que levou em consideração os preços praticados entre as quatro maiores companhias aéreas do Brasil e outras 35 empresas de ônibus que atuam em 90% do território nacional, os dados são válidos durante o período em que o Brasil estará sediando a Copa do Mundo.
O que chama atenção é que mesmo anunciando a redução na tarifa dos aviões, empresas como a TAM, GOL e a Azul, continuam sendo as campeãs do preço mais caro para viagens interestaduais.

Em trajetos considerados os mais econômicos, foi constatado uma diferença de mais de 400% em dias antecedentes aos jogos da Copa do Mundo.
Entre os dias 4 e 11 de junho, funcionários do startup relacionado ao mercado rodoviário confrontou vários preços das passagens aéreas até capitais como Rio de Janeiro e São Paulo, em apenas valores já reduzidos.
Apesar de a pesquisa apresentar oscilação no valor cobrado de viagens de avião conforme o local de embarque e desembarque, o dia e até mesmo o horário, a regularização do governo que obriga as auto viações congelarem suas tarifas durante o Mundial, garante boas vantagens para aqueles que optam pelas viagens de ônibus.

Em alguns trajetos, a diferença chega ser de 462% entre os dois serviços, e o pior, o preço para reservar a poltrona dentro de um avião não para de decolar.
Só na linha Rio de Janeiro – Curitiba, em que o valor mais em conta estava sendo praticado em R$ 202, o preço subiu mais do dobro em apenas uma semana. Para a mesma viagem, uma passagem de ônibus custa apenas R$ 156,70, com garantias de não ter aumento até o final do Mundial.
Algumas empresas aéreas classificam o aumento no preço das passagens apenas em trajetos com venda de poltronas extras e justificam o reajuste na medidas em que a procura pelo serviço aumenta. A dica para quem quer voar é reservar a passagem com antecedência.

Itapemirim passagens se prepara para atender estrangeiro na Copa

Itapemirim adquiriu 220 véiculos novos para Copa.

Itapemirim adquiriu 220 véiculos novos para Copa.

Não será só dentro do campo que o Brasil terá que superar desafios para atingir seus objetivos durante a Copa do Mundo.
A grande procura por viagens rodoviárias até as 12 cidades-sede que concentrarão a maior parte dos turistas estrangeiros e de moradores de regiões interioranas dos Estados vai avaliar a capacidade técnica, operacional e administrativa de muitas empresas de ônibus do país.
Segundo análise do Ministério do Turismo, pelo menos 3,6 milhões de turistas devem comprar as passagens de ônibus para chegar até os estádios durante os próximos 60 dias. O que se espera que é que desse montante, 300 mil bilhetes de ônibus sejam reservados por torcedores estrangeiros.
Sabendo disso, a Itapemirim Passagens e outras auto viações concorrentes começaram a se mexer desde o ano passado. Algumas ofereceram treinamento para motoristas e funcionários, compraram veículos novos e modernizaram o sistema de venda de passagens pela internet com pagamentos feitos em cartões internacionais.
Além de melhorar a qualidade na informação e na agilidade que são feitos os atendimentos nos guichês, a maioria dos treinamentos serviu para dar ao corporativo das companhias, noções básicas de conversação em línguas como espanhol e inglês.
Só a garagem da viação Itapemirim, 220 veículos novos chegaram para compor a frota que atenderá os torcedores durante o Mundial.

Com o investimento, a empresa líder em diversas linhas rodoviárias tem condições de suportar um aumento de até 40% na procura por embarques em dias de maior movimento.

Segundo a direção comercial da empresa, quem quiser reservar passagens na internet encontrará informações trilíngues na página oficial da Itapemirim.
Outras concorrentes também modernizaram as operações, colocaram internet sem fio dentro dos coletivos e ampliaram o atendimento vip.
É esperado um aumento mínimo de 15% no número de passageiros para empresas que possuem linhas até as cidades-sedes da Copa.
A antecipação das férias escolares em praticamente todos os municípios do Brasil também deve sobrecarregar a procura por passagens rodoviárias.
A Abrati – Associação Brasileira das Empresas de Transportes de Passageiros acredita que o setor terá um aumento de 30% na demanda.
Anualmente mais de 70 milhões de pessoas utilizam o transporte rodoviário do Brasil.

Site é solução para comprar passagem rodoviária com cartão

Compra de passagens de onibus com cartao de credito

Site facilita comprar passagens de ônibus com cartão de crédito.

Apenas três companhias de ônibus entre as 21 que operam na rodoviária de Porto Alegre vendem suas passagens de ônibus para quem tem cartão de crédito e débito.
Apesar de prometerem que todas oferecerão o serviço de pagamento facilitado durante a Copa do Mundo, quem realmente quer se livrar das notas em dinheiro e de carregar as moedas no bolso vai ter que apelar para a internet.
O serviço online é o único que garante o parcelamento para todas as viagens de ônibus intermunicipais e interestaduais do Brasil, em até seis vezes sem juros.
A viação Ouro e Prata, Planalto e Unesul responsáveis por pelo menos metade do fluxo rodoviário do terminal rodoviário da capital gaúcha, vendem os bilhetes rodoviários nos guichês.

A rodoviária POA tem cerca de 600 embarques diários quando o movimento é normal.
A Veppo, empresa que administra a estação rodoviária espera poder contar com o sistema de agências virtuais para comprar passagem rodoviária. Segundo a administradora, falta apenas às auto viações aderirem a novidade para facilitar a vida dos passageiros.
Assim como é oferecido pelo site Quero Passagem, especializado na venda de mais de três destinos de ônibus para todo o Brasil, as bandeiras mais utilizadas para pagamentos com cartões são a Visa e Mastercard, elas são as mesmas aceitas pelas três empresas de ônibus que circulam no terminal.

A startup lançada no final do ano passado ainda trabalha com cartões da empresa Elo, American Express, Diners e Visa Electron para quem mora fora do Brasil, além de gerar boleto bancário com descontos de até 5% em qualquer compra no site.
A Quero Passagem foi a primeira do setor a implantar o sistema de pagamento para turistas estrangeiros, sem apresentação do CPF e com moedas internacionais, por causa da Copa do Mundo.
Na rede mundial de computadores, o número de empresas a disponibilizaram o serviço sobe para nove, apenas para cartões de crédito.
Todas as companhias rodoviárias aceitam pagamentos em dinheiro ou cheques.
De acordo com a Veppo, as transportadoras estudam uma maneira mais rápida e eficiente para implantar o novo sistema o quanto antes.

Preço de passagens 2014 reacende disputa na Copa do Mundo

desconto em preço de passagem de ônibus

Preço de passagens aéreas caiem na Copa.

Se você acha que a maioria dos torcedores que moram no Brasil irá preferir as viagens de ônibus só por causa do preço de passagens 2014 abusivo das companhias aéreas, pode ter uma surpresa até o final do mundial.
Segundo último levantamento realizado entre o preço praticado pelas quatro das principais empresas aéreas do Brasil, uma queda de pelo menos 25% em destinos até as cidades-sedes da Copa do Mundo reacendeu a procura por bilhetes de avião.
Se não bastasse, há menos de um mês para a bolar rolar oficialmente, é possível encontrar ofertas para desembarques em aeroportos de algumas capitais com preços parecidos com o que é comercializado durante outras épocas do ano.

O destino mais procurado é válido para abertura do mundial, em Itaquera, zona leste de São Paulo e no palco da final, que acontecerá no Rio de Janeiro.
Quando foram divulgados pela primeira vez, no final do ano passado, os preços das passagens de avião para malha aérea da Copa, chegou a apresentar aumento superior a 100% do que já era cobrado anteriormente. A economia fez com que a procura por passagens rodoviárias disparasse.
Para se ter uma ideia, em outubro de 2013, uma viagem de avião entre a capital de São Paulo com o Rio de Janeiro não sairia por menos de R$1.500 para aqueles que garantem que irão assistir o jogo da final. Com o valor dá para reservar uma passagem de ida e volta até Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Quem pretende viajar com a Tam, Gol, Avianca ou a companhia Azul, deve ficar atento em relação ao horário do voo e o aeroporto de chegada para não ter surpresas desagradáveis na hora de comprar as passagens.
Mesmo com os preços mais acessíveis, viajar de avião durante esse mundial requer pesquisa e paciência antes de embarcar. Por causa do número reduzido de voos nos horários dos jogos, a disputa pelas poltronas também pode encarecer os bilhetes.
Os trajetos que levam até as capitais Fortaleza e Natal são os mais vendidos para a Copa do Mundo. Até o momento, mais da metade dos lugares já estão ocupados.

Preço de passagens de ônibus é acessível durante Copa do Mundo

Preço de passagens de ônibus estimula torcedores.

Preço de passagens de ônibus estimula torcedores.

Assistir os jogos da Copa do Mundo direto dos estádios de futebol se tornou realidade para muita gente depois que o preço de passagens de ônibus vai ser o mesmo até o torneio acabar.
Dependendo do trajeto escolhido, a economia de quem opta pelos ônibus pode ser de mais de 100%.
Em um comparativo feito pelo site “Preço de Passagens”, para assistir o jogo de abertura entre Brasil e Croácia, na capital de São Paulo – dia 12 de junho, o valor cobrado em um embarque aéreo de Curitiba pode chegar até R$ 1 mil. A diferença da mesma viagem a bordo de um ônibus do tipo convencional pode significar economia de mais de 90%, já que a passagem de ônibus custa apenas R$ 71,25.

Diferente do que acontece com as companhias aéreas, as tarifas rodoviárias não podem ser elevadas sem autorização do governo. Em casos de aumento fora das regras, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) garante que as auto viações podem ser multadas.
Além de a obrigatoriedade ajudar o usuário a se programa melhor na hora de sair de casa, reservar as passagens também é mais seguro em casos de reembolso. Segundo a legislação, o passageiro tem direito de remarcar um novo embarque no prazo de um ano.
Quem viaja pela estrada pode conferir algumas regalias como poltronas de couro, luz indireta e internet sem fio e aproveitar novos serviços de bordo. Há também veículos que trabalham com o número de lugares reduzidos para oferecer maiores inclinações nos acentos.

Segundo o gerente da empresa rodoviária Gontijo, os ônibus são a preferência dos brasileiros porque atendem todas as classes sociais. Só nessa companhia há carros executivos para os mais exigentes e preços de passagens mais acessíveis para os que não podem gastar muito.
Empresas rodoviárias também estão apostando em fretamento para a Copa. Em Belo Horizonte, por exemplo, uma companhia de ônibus gastou R$ 3 milhões para comprar seis ônibus executivos. A empresa vai transportar turistas belgas, franceses e alemães em dias de jogos.
A expectativa do setor é que os turistas estrangeiros continuem visitam o Brasil depois que a Copa do Mundo acabar.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress