Tag companhias de ônibus

Quero Passagem amplia opção de passagens rodoviárias em 2015

Reserve sua passagem de ônibus sem sair de casa.

Reserve sua passagem de ônibus sem sair de casa.

O portal especializado na venda de passagens rodoviárias pela internet, Quero Passagem, credenciou 14 novas auto viações em seu buscador online. A novidade, que já pode ser utilizada pelos internautas desde o começo do Ano Novo, está trazendo mais opções de destinos rodoviários e preços que podem ser confrontados, durante as consultas dentro do site. No total, a agência de turismo online, conta com a operação rodoviária de 41 companhias de ônibus, que juntas representam mais de 80% de toda malha rodoviária do Brasil. As regiões do Sudeste e Nordeste foram as que mais se beneficiaram com o incremento, especialmente para viagens realizadas em trechos rodoviários com destino e origem de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Pernambuco.

A intenção é fornecer, no mínimo, três opções de serviços e preços em cada itinerário pesquisado, ampliando as opções de reserva já disponíveis no site lançado no Brasil há mais de um ano. Para o CEO da Quero Passagem, Lukasz Gieranczyk, quanto maior for a oferta do mesmo trajeto, melhor para o usuário, que pode comparar serviços de diferentes viações e escolher a empresa de sua preferência. O objetivo de captar novas auto viações não para, inclusive por aquelas que atendem trechos pouco exploradas pelo buscador online. Cidades com grande potencial turístico, como as regiões litorâneas são boas opções de se investir nesse tipo de expansão. De acordo com o gestor de conteúdo do site, Danilo Julio, as viagens rodoviárias até os grandes centros e as capitais são as mais procuradas por usuários do Quero Passagem.

Segundo dados oficiais, mais precavidas e organizadas, as mulheres são as que mais compram com a agência de turismo online. Elas somam 66,8% do público consumidor, em sua maioria de 18 a 34 anos de idade. As novas empresas rodoviárias credenciadas no portal Quero Passagem são: Águia Branca (ES), Salutaris (ES), Brasil Sul (PR), Cantelle (PR), Princesa dos Campos (PR), Progresso (PE), Sampaio (RJ), Lopes Sul (RS), Bragança (SP), Expresso Brasileiro (SP), Motta (SP), Penha (SP), Santa Cruz (SP) e Nasser (SP).

Valor da Passagem rodoviária sobe no interior de São Paulo

desconto em preço de passagem de ônibus

Preço de passagens rodoviária de Rio Claro.

O valor da passagem rodoviária do ano que vem vai ficar R$ 0,40 mais caro, para moradores de Rio Claro, no interior de São Paulo. O reajuste já aprovado pela prefeitura da cidade está propondo aumento de 13% nas catracas. Com a diferença, centenas de usuários do serviço deverão pagar R$ 3,30 para cada bilhete de ônibus, que antes era comercializado por R$ 2,90. Segundo a prefeitura, o preço da passagem está fora do índice inflacionário há pelo menos dois anos. No ano passado, as auto viações chegaram a vender passagens por R$ 3, porém, cinco meses depois do reajuste, a prefeitura recuou e diminui o valor da passagem para R$ 2,90. Para propor o aumento, a Secretaria de Mobilidade Urbana e Sistema Viário realizou um estudo técnico com avaliação dos impactos causados pelos preços de insumos, pneus, óleo diesel, lubrificantes e mão de obra.

Quem depende do transporte coletivo diariamente para trabalhar, poderá ter uma despesa adicional de mais de R$ 20. É o caso da costureira Vanda, de 35 anos. Ela utiliza o ônibus todo o dia para ir e voltar do trabalho e se assustou quando fez as contas calculando o novo valor. O preço praticado em Rio Claro é um dos mais caros, comparado com o valor cobrado pelas companhias de ônibus das cidades vizinhas. Em Bauru, distante a 182 km de Rio Claro, a passagem de ônibus pode ser reservada pelo valor de R$ 3,00.

Além da reclamação, a maioria dos usuários pouco acredita que a qualidade do serviço prestado irá melhorar. Muitos dizem estar insatisfeito com o conforto e a pontualidade das transportadoras, e cobram serviços compatíveis com o que está sendo praticado nas catracas. Empresários do setor e representantes do Conselho Municipal de Transportes de Rio Branco afirmam que o aumento da tarifa dos ônibus, deve ser realizado com base na inflação de 23%, acumulada nos últimos dois anos, levando em consideração a valorização do salário mínimo dos últimos quatro anos e o reajuste do diesel que saltou de R$ 2,52 em 2011 para R$ 3,08 neste ano.

 

Investimento em BRT pode encarecer passagens de ônibus em PE

Ônibus articulados de Recife estão parados.

Ônibus articulados de Recife estão parados.

O investimento milionário para adquirir mais de 150 BRTs (ônibus articulados) em Recife, pode obrigar o estado pernambucano a reajustar o valor das passagens de ônibus, antes do ano novo chegar. Por causa dos altos investimentos para modernizar a frota rodoviária da capital, além da defasagem no preço praticado pelas catracas e a falta de subsídio, companhias de ônibus em operação já fazem pressão em cima do Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano, para que haja um aumento de pelo menos 24,2%. Se o novo preço for aceito pelos órgãos competentes, a passagem rodoviária que vale atualmente R$ 2,15 passará a ser comercializada em R$ 2,67. O que está mais próximo de acontecer é um reajuste de 16,3%, elevando o valor da passagem em R$ 2,50.

Para o presidente do Grande Recife, se o valor não for aumentado em pelo menos R$ 2,67, outras fontes de subsídios deverão acontecer. Já que o setor está há incríveis três anos sem se quer ter um aumento tarifário. Segundo o sindicato, a compra dos ônibus articulados no valor de R$ 750 mil cada, também impossibilitou a renovação da frota rodoviária, que poderia estar abaixo dos 4,3 anos de circulação. Para cumprir com o compromisso previsto nas concessões, as auto viações deixaram de pagar o PIS/Cofins em maio do ano passado e foram desoneradas do ICMS sobre o combustível em junho. Juntos os dois impostos somam 12,15% dos custos de operação das transportadoras.

Outra alternativa, além do aumento nos bilhetes rodoviário, seria a o governo assumir as despesas geradas pelas gratuidades a idosos e outras classes favorecidas. Atualmente, mais de 35 mil usuários embarcam nos ônibus sem pagar, enquanto outros 53,1 mil acompanham as viagens sem comprar a passagem de ônibus. 42% dos benefícios são gerados aos deficientes físicos e 45% aos mentais. O número de novos pedidos de gratuidade se mantém em mais de 1 mil ao mês. Idosos, policiais, carteiros e estudantes também entram na conta. Só a meia gratuidade para os estudantes representa uma redução na receita bruta de 14,48%. O novo valor deve começar a valer a partir do ano que vem.

Preços de passagens de ônibus estão defasados de capitais

Óleo diesel soma 25% dos gastos das auto viações.

Óleo diesel soma 25% dos gastos das auto viações.

De acordo com a conta da Associação Nacional das Empresas de Transporte Urbano (NTU), habitantes das capitais brasileiras estão pagando menos do que deveriam para embarcar em ônibus rodoviários. Segundo a entidade, os preços de passagens de ônibus estão pelo menos 12,8% abaixo do valor praticado nas demais catracas do país. Mesmo sabendo da dificuldade de subsidiar o serviço, muitos prefeitos preferem não atualizar o valor da passagem com medo de abrir caminho para novas manifestações, como aconteceu no ano passado. Por causas dessas ameaças, ficou 5% mais barato andar de ônibus nas capitais do país. Valor barateado, graças às desonerações e reduções, em contrapartida com o aumento de 17,8% no preço das passagens para suportar as gratuidades e outros benefícios propostos pelo setor.

Para a NTU, o governo não quer colaborar com o transporte coletivo, criando políticas de incentivo que só privilegiam o transporte individual. Um desses exemplos é o óleo diesel, que em menos de dois anos, subiu 38%, cerca de 20% a mais do reajuste praticado no preço da gasolina. Nos últimos 15 anos, o combustível ficou 202% mais caro para as companhias de ônibus, enquanto que o os motoristas não tiveram que pagar mais de 100% para encher o tanque. A associação assegura que o óleo diesel representa 23% do custo total dos serviços de transportes e barateá-lo é uma ótima alternativa. Se depender da NTU, parte dos repasses destinados aos municípios brasileiros deveriam ser suficientes para cobrir, ao menos, metade do que as auto viações gastam para estar em circulação.

A NTU pretende estimular a criação de mutirão nacional em favor dos planos de mobilidade urbana, além de dar apoio a Proposta de Emenda a Constituição (PEC) 307/13, que destina 70% dos recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) aos municípios, 20% aos estados, e 10% ao governo federal. Entre tantas alternativas, também está a elaboração de um programa emergencial de qualificação do transporte público urbano por ônibus. Além de cobrir os gastos operacionais, os projetos da associação do setor rodoviário garante que o preço da passagem rodoviária cairia pela metade.

Companhias apostam em passagens rodoviárias pela internet

70% das auto viações venda passagens pela internet.

70% das auto viações venda passagens pela internet.

A venda de passagens rodoviárias através de e-commerces é a nova aposta de mais da metade das 230 companhias de ônibus regulares do Brasil, para alavancar as finanças durante as férias de verão. De acordo com dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), pelo menos 70% dos embarques rodoviários podem ser reservados pela internet, tanto em sites oficiais das próprias auto viações, como em agências de turismo online. Para especialistas e empresários do setor, é esperado que até a próxima temporada, o número de companhias rodoviárias atualizadas no mundo virtual se aproxime dos 100%, já que o investimento em logística e reserva online vem caindo no gosto de um público fiel que adora praticidade na hora de efetuar as compras.

O Brasil é um dos recordistas em número de pessoas conectadas na rede mundial de computadores. Só em terras brasileiras, mais de 80 milhões de pessoas têm acesso aos recursos das lojas virtuais e dos sites de busca. Pesquisas mostram que os brasileiros estão descobrindo as vantagens em comprar produtos e serviços pela internet, e apontam um faturamento cresceste originado de pedidos feitos direto do tablet, do celular e do computador. Na última comparação realizada pelo e-Bit, entre 2012 e 2013, as compras online registram movimentação de 155 milhões de pedidos só em empresas brasileiras, um aumento de 21,6 milhões de interessados na comodidade de se negociar, sem sair de casa. A projeção é tão animadora que nem mesmo a inflação elevada e o discreto crescimento econômico registrado no ano passado, vem tirando o entusiasmo de investidores de startups e e-commerces.

Na medida em que as empresas de ônibus investem na venda direta de passagens de ônibus pela internet, maior é a contribuição para o bom desempenho de vitrines virtuais do segmento. Não é por acaso que, as auto viações juntas as agências virtuais venderam só no ano passado, mais de 1 milhão de bilhetes rodoviários. As formas de pagamento facilitado e a independência financeira da maioria dos brasileiros também colaboram pelo aumento da procura das viagens rodoviárias de longa distância pelo Brasil.

Reajuste em passagens de ônibus de Salvador melhora frota

Salvador deve ganhar veículos novos.

Salvador deve ganhar veículos novos.

Os três novos consórcios rodoviários que deverão começar a operar em linhas suburbanas na capital da Bahia devem agradar boa parte dos usuários do serviço, mesmo anunciando que anualmente o valor das passagens de ônibus deve subir. Apesar do reajuste anual já ser divulgado durante assinatura do contrato entre a prefeitura de Salvador e as empresas vencedoras da licitação das linhas rodoviárias, no Palácio Thomé de Souza, o secretário de Urbanismo e Transportes, Fábio Mota, garantiu que a idade média dos veículos passará a ser reduzida de oito anos para três. A mudança obrigará as licitadas a colocaram mais de 600 veículos novos antes mesmo de começarem a operar em Salvador.

Com a modernização, os consórcios Plataforma, Ótima (antigo Jaguaribe) e Salvador Norte colocaram juntos, mais de 2400 ônibus convencionais e 300 micro-ônibus nas ruas baianas. Um cálculo predefinido no edital de licitação prevê o reajuste tarifário anual até 2017, conforme o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e um aumento preestabelecido para os próximos 23 anos de contrato. Enquanto as licitações para operar dentro da cidade estão a todo vapor, as obras de mobilidade urbana são uma icônica e podem não sair do papel tão cedo. Para o prefeito ACM Neto, a população deve observar as melhorias em longo prazo, já que as mudanças dependem de grande investimento e de muitos estudos para realinhar os trajetos rodoviários mais críticos. A expectativa é que a prefeitura reduza o número de linhas extensas e melhore a distribuição de veículos disponíveis para a região interna dos bairros.

Por causa da falta de planejamento nas gestões anteriores, o sistema de transporte de Salvador ficou precário, depois que as linhas se tornaram verdadeiros puxadinhos, se estendendo conforme o aumento do fluxo da população em áreas específicas. O que também segue no mesmo caminho são as empresas rodoviárias que já operam na cidade. Empresas metropolitanas que farão parte do novo sistema, também possuem ligação com os consórcios que assinaram o novo contrato. Os ônibus novos que circularam a partir do ano que vem terão catracas posicionadas na parte dianteira e serão divididos em cores para separar as linhas referentes ao subúrbio, a orla e o miolo.

Preço de passagens 2014 cai pela primeira vez em Campinas

O preço das passagens rodoviários é o mais baixo durante os últimos quatro anos.

Passagem de ônibus de Campinas fica 50% mais barata no Dia das Crianças.

Pela primeira vez no ano, o preço de passagens de ônibus para ser transportado entre os bairros de Campinas, no interior de São Paulo, caiu pela metade neste último domingo (12). Por causa da comemoração ao Dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida, a prefeitura da cidade resolveu subsidiar parte do valor das passagens para estimular passeios e facilitar a locomoção durante o feriado. Chamado de “Passe Lazer“, o projeto inclui diferentes edições, que gera descontos para passageiros do sistema de transporte coletivo, que apenas utilizam o Bilhete Único para embarcar.

Quem apenas paga as passagens rodoviárias com o Bilhete 1 Viagem, fornecido recentemente para adaptação dos passageiros ao novo sistema de bilhetagem eletrônica da cidade, também pôde garantir o desconto durante o domingão. Esse tipo de serviço é mais atrativo para quem não viaja de ônibus diariamente e apenas se preocupa em comprar a passagem, quando precisa se deslocar. A versão do bilhete é adquira dentro dos veículos, e é vendida por unidade, para ser usada na mesma viagem. No domingo o preço de passagens 2014 para quem pagou com o Bilhete 1 Viagem foi praticado em R$ 3,65, com R$ 1,65 destinado a tarifa e R$ 2 do “casco”, valor que pôde ser reembolsado em postos autorizados.

Apenas os que embarcam nos ônibus rodoviárias de Campinas portando os cartões de Bilhete Único Escolar e Vale-Transporte não puderam aproveitar o desconto de 50% no preço dos bilhetes rodoviários. Viagens para idosos e outros benefícios concedidos pelo setor rodoviário também não foram incluídos no projeto durante o último feriado. Sempre que houver promoções e descontos especiais em Campinas, é preciso ficar de olho e denunciar se as companhias de ônibus praticarem a cobrança indevida da tarifa. Para isso, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) pede para que os usuários anotem o horário, a linha atendida e o prefixo do veículo, e posteriormente encaminhem as informações por telefone, através do número (19) 3772-1517.

Preço de passagens de ônibus faz 70% desistirem dos aviões

Preço de passagem atrai turistas para ônibus.

Preço de passagem atrai turistas para ônibus.

O preço de passagens de ônibus e a comodidade na hora de reservar as passagens sem sair de casa, tem sido um dos principais motivos daqueles que desistem de viajar de avião para chegar até o destino, andando de ônibus. Segundo um levantamento feito por uma empresa especializada na comercialização de passagens rodoviárias, pelo menos 70% dos que optam pelas companhias de ônibus, afirmam que o valor da passagem é o principal atrativo entre os dois serviços, regulamentações e outras facilidades durante o processo de contra dos bilhetes rodoviários é outro ponto positivo que rouba mais de 50% dos usuários das aeronaves para as rodoviárias brasileiras, que também são responsáveis por cativar cerca de 20% dos entrevistados.

Eles preferem as viagens de ônibus, porque dizem que a localização do terminal rodoviário é bem mais acessível. Os serviços de bordo e conforto oferecido por algumas auto viações, como internet sem fio e mantas, completam a lista das vantagens rodoviárias ocupando papel decisivo de 17,8% entre os que viajam e optam pelo transporte terrestre. Com exceção do atrativo competitivo que envolve os preços das passagens entre os dois serviços, quem disponibiliza a reserva antecipada dos embarques através da internet também tem importância significa nesse tipo de avaliação. É o caso de agências de turismo online que oferecem milhares de destinos rodoviários em seus sites e aceitam formas de pagamentos facilitadas, além da comodidade e das informações que ajudam esclarecer muitas dúvidas.

Segundo a pesquisa, 42% dos entrevistados veem a compra da passagem na internet com um facilitador e estímulo à reserva rodoviária entre outros serviços. Praticidade no momento do embarque e na retirada do voucher somam 18,8% dos motivos que levariam os passageiros a andarem mais de ônibus. A estrutura e os recursos oferecidos nas rodoviárias também tem participação importante na decisão de qual veículo contratar. Para 37,7% dos que participaram da pesquisa, preferem os ônibus quando o terminal rodoviário é seguro e bem organizado. Além de tudo, a pontualidade dos embarques rodoviários está satisfazendo 51,3% dos entrevistados, enquanto outros 42,4% acham o serviço regular.

Quero Passagem busca afiliado para vender passagens rodoviárias

Passagem preço ônibus

Buscador também está disponível em Inglês e Espanhol

Estrangeiros que estão de olho em oportunidades do mercado brasileiro ou que apenas querem visitar o país em busca de diversão, podem contar com o serviço rodoviário e exclusivo da startup Quero Passagem. A agência que venda passagens rodoviárias pela internet, desde o final do ano passado, lançou recentemente um programa de parcerias para agregar opções de compras em sites de hotels e hotéis, que recebem com frequência, turistas e gringos vindos de várias partes do mundo. Quem possui um site também pode aderir o serviço de reserva online da empresa que recentemente vem liderando o posicionamento de palavras-chave nos motores de busca.

Basta apenas inserir em sua página virtual, o buscador de passagens oferecido pela Quero Passagem, sem custo algum. Com ele, o afiliado poderá comercializar mais de 3 mil destinos rodoviários por todo o país, dispondo das melhores auto viações do Brasil. Todos os afiliados têm acesso a um painel administrativo para poder acompanhar suas vendas e o melhor, podem lucrar, por meio de comissões em cada bilhete rodoviário comercializado dentro do seu próprio site. Os que apenas oferecem estadias para quem mora fora do Brasil e se comunica em outras línguas, também pode optar pelos buscadores na versão inglês ou espanhol. Além da versatilidade no idioma, o site foi o primeiro do setor a implantar um sistema que facilita de compra de passagens para estrangeiros, oferecendo reservas com formas de pagamento através de cartões de crédito internacional e sem apresentação do CPF.

A agência de turismo online também é uma boa opção na hora de pesquisar e reservar as poltronas em viagens rodoviárias, para aqueles que não desgrudam dos dispositivos móveis. O site está disponível para navegação em tabletes e celulares com internet (smartphones) e reúne uma série de informações e dicas importantes na hora de viajar. Com a intenção de auxiliar quem procura o melhor serviço rodoviário na internet, a Quero Passagem também firmou uma parceria com o Busca Ônibus – maior portal de informação sobre companhias de ônibus do Brasil e o único que agrega as melhores agências de turismo online.

Valor da passagem decola enquanto faturamento das aviações cai

Procura por passagens rodoviárias sobe, mas faturamento cai.

Procura por passagens rodoviárias sobe, mas faturamento cai.

A preferência pelas viagens aéreas na hora de desembarcar em outro Estado ou simplesmente viajar em longas distâncias, não tem garantido bons negócios ao setor de aviação brasileiro. Segundo pesquisa da Anac – Agência Nacional de Aviação Civil, a maioria das grandes empresas de avião, com atuação no país está operando no vermelho e apesar da boa quantidade de vendas de passagens aéreas, não tem muito que comemorar. Dos últimos anos pra cá, o ônibus que até então era considerado o serviço de transporte mais popular, passou a ser apenas uma opção boa e barata. Serviço deixado de lado pelo paraibano Renato Alvez que percorre cerca de 2 mil km até o Rio de Janeiro para visitar a família. Para ele o tempo de viagem neste tipo de trajeto é o que mais conta na hora de reservar as passagens. O valor da passagem de ônibus também pode não compensar dependendo do dia e das promoções oferecidas por companhias aéreas. É o caso do eletricista Marcos, que economizou alguns trocados e reduziu a duração da viagem em mais de 40 horas.

Foi desde 2004 que o setor aéreo passou a se popularizar e roubar boa parte do número de passageiros rodoviários, chegando a subtrair 15% das compras rodoviárias para viagens de longa distância. Mesmo com a baixa, as companhias de ônibus ainda são responsáveis por transportar mais de 56,8 milhões de passageiros em linhas interestaduais. Por outro lado, só no ano passado, mais de 50 milhões de brasileiros migraram dos ônibus para dentro das aeronaves, um aumento de mais de 150% no fluxo das viagens aéreas. O problema é que o crescimento nos aeroportos não está favorecendo as empresas de aviação, já que as receitas não são capazes de cobrirem os custos operacionais, e por isso, o preço das passagens deve ser o primeiro item a sentir a discrepância entre as realidades que cercam o setor. Segundo especialistas, a tendência daqui pra frente é pagar mais caro pelos embarques em linhas de longa distância, uma situação que pode reverter este quadro nos próximos anos.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress