Tag aeroportos

Comprar passagem rodoviária x passagem aérea: o que é melhor?

Passagens aéreas devem ser pesquisas com antecedência.

Passagens aéreas devem ser pesquisas com antecedência.

Quem já sabe pra onde ir, mas ainda não se decidiu se sairá de casa de ônibus ou comprará a passagem aérea para embarcar, poderá confrontar as principais vantagens de cada serviço, para poder tomar a melhor opção. Desde a diferença no valor dos bilhetes, até o tempo das viagens, comprar passagem rodoviária ou de avião tem tornando a concorrência das empresas cada vez mais franca. Os que têm pouco tempo para encontrar promoções e reservar as passagens em dias de pouco movimento, com a intenção de pagar menos pelo embarque, deve preferir as passagens de ônibus. Diferente do que acontece no setor aéreo, adquirir a passagem de dia ou de noite, seja na segunda ou no final de semana, pouco influenciará no valor tarifário.

Apesar disso, quem se programa e reserva as passagens com antecedência pode conseguir boas vantagens, independente do transporte escolhido. Se o trajeto é muito longo, e a contratação dos serviços de uma auto viação está fora de cogitação, é preciso se informar com a aviação desejada sobre os melhores itinerários para garantir viagens baratas. Cada companhia aérea oferece ofertas e promoções exclusivas para baratear os voos. A internet de fato é uma importante aliada do consumidor e é por isso, que aproveita-lá antes de sair de casa, pode aliviar seu bolso. A dica para quem está em dúvida sobre preços e horários e ainda não se decidiu por qual empresa deverá viajar, é pesquisar e comparar valores através de sites especializados em turismo online.

Eles ajudam você a comparar preços com o tipo de serviço oferecido, e ainda disponibilizam a opção de compra sem ter que se deslocar até guichês de atendimento, seja nos terminais rodoviários ou nos aeroportos. Mesmo sendo evitados antes do embarque, parar nas plataformas das estações é um mal necessário, e é por essa razão que escolher as companhias de ônibus pode ser a melhor saída quando não se conhece nada da cidade onde será feito o desembarque. No geral, as rodoviárias são mais bem localizadas e mais acessíveis do que os aeroportos, entretanto, poucas tem estrutura física adequada para receber deficientes e são seguras.

Preço de passagens 2014 reacende disputa na Copa do Mundo

desconto em preço de passagem de ônibus

Preço de passagens aéreas caiem na Copa.

Se você acha que a maioria dos torcedores que moram no Brasil irá preferir as viagens de ônibus só por causa do preço de passagens 2014 abusivo das companhias aéreas, pode ter uma surpresa até o final do mundial.
Segundo último levantamento realizado entre o preço praticado pelas quatro das principais empresas aéreas do Brasil, uma queda de pelo menos 25% em destinos até as cidades-sedes da Copa do Mundo reacendeu a procura por bilhetes de avião.
Se não bastasse, há menos de um mês para a bolar rolar oficialmente, é possível encontrar ofertas para desembarques em aeroportos de algumas capitais com preços parecidos com o que é comercializado durante outras épocas do ano.

O destino mais procurado é válido para abertura do mundial, em Itaquera, zona leste de São Paulo e no palco da final, que acontecerá no Rio de Janeiro.
Quando foram divulgados pela primeira vez, no final do ano passado, os preços das passagens de avião para malha aérea da Copa, chegou a apresentar aumento superior a 100% do que já era cobrado anteriormente. A economia fez com que a procura por passagens rodoviárias disparasse.
Para se ter uma ideia, em outubro de 2013, uma viagem de avião entre a capital de São Paulo com o Rio de Janeiro não sairia por menos de R$1.500 para aqueles que garantem que irão assistir o jogo da final. Com o valor dá para reservar uma passagem de ida e volta até Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Quem pretende viajar com a Tam, Gol, Avianca ou a companhia Azul, deve ficar atento em relação ao horário do voo e o aeroporto de chegada para não ter surpresas desagradáveis na hora de comprar as passagens.
Mesmo com os preços mais acessíveis, viajar de avião durante esse mundial requer pesquisa e paciência antes de embarcar. Por causa do número reduzido de voos nos horários dos jogos, a disputa pelas poltronas também pode encarecer os bilhetes.
Os trajetos que levam até as capitais Fortaleza e Natal são os mais vendidos para a Copa do Mundo. Até o momento, mais da metade dos lugares já estão ocupados.

Itapemirim passagens suspende investimento até licitação

Setor aéreo é livre de taxas.

Setor aéreo é livre de taxas.

Parece mesmo que a diferença entre os tributos e impostos previstos em concessões do governo federal entre companhias rodoviárias e empresas aéreas, está causando impasses negativos no setor rodoviário.
Pelo menos a direção da Itapemirim passagens já disse em pronunciamento oficial que suspenderá investimentos em operação e ampliação da frota até que as licitações que competem às linhas interestaduais do Brasil voltem a vigorar – elas estão suspensas por ordem judicial.
O medo de quem administra empresas de ônibus está nas novas exigências do documento. Segundo a própria Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, o processo deve priorizar melhorias nos serviços prestados pelo setor rodoviário e diminuição no preço das passagens.

A Abrati, associação que reúne auto viações brasileiras, vê o anúncio como principal motivo pela desaceleração de investimentos feitos por executivos das empresas nos últimos 12 meses.
Além da redução de gastos, os custos com as garagens também passam por reformulação.
A reclamação em relação às companhias aéreas é movida pela isenção do ICMS. A aviação civil está livre do imposto, enquanto as transportadoras são obrigadas pela ANTT a pagarem taxas de até 18% sobre o valor das passagens rodoviárias.
A agência admite que os impostos prejudicam o avanço dos investimentos e da compra no meio rodoviário, mas defende a medida com o argumento de que os dois serviços de transporte irão se alinhar no mesmo nível de qualidade.
Mesmo que seja cobrado, o transporte rodoviário interestadual é considerado público para o governo.

É justamente por esse motivo que a atividade é disputada em licitações com oferta mínima de linhas regulares e imposição de tarifas.
Ao contrário do que acontece nas viagens de avião, onde não há controle que determine o valor das passagens, a disponibilidade de novas linhas apenas depende da capacidade dos aeroportos.
O preço praticado na hora de comprar passagens é tão influente que as empresas rodoviárias tiveram que conviver com uma perda de mais de 7 milhões de passageiros nos últimos oito anos.
Apesar dos avanços e da maior procura pelas viagens de ônibus, até hoje, donos de empresas de transporte rodoviário estão se empenhando para recuperar boa parte dos clientes que partiram para os aeroportos.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress