Category passagens de ônibus

2018 começa com reajuste de passagem de ônibus em BH

2018O Ano Novo vai começar com aumento no valor da passagem rodoviária de Belo Horizonte. Segundo a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) a passagem sofrerá reajuste anual, já previsto em contrato de concessão, a partir da segunda-feira (feriado do ano novo).   Com o reajuste no transporte coletivo metropolitano da capital mineira, a passagem predominante ficará 3,09% mais cara, enquanto que o índice médio é de 3,40%. Impactando 6,8 milhões de passageiro que utilizam o serviço mensalmente, ou seja, 39,1% do total de passageiros mensais que é de 17,485 milhões. De acordo com a Setop, o valor das passagens do Sistema Move, que atende aos terminais de Morro Alto, São Benedito, Justinópolis, Vilarinho, São Gabriel, Bernardo Monteiro e Terminal Provisório Aarão Reis, passará de R$ 4,85 para R$ 5,00. A boa notícia é que as linhas que atendem Igarapé e São Joaquim de Bicas, com valores comercializados por R$ 10,10 não sofrerão o reajuste no começo do ano.

Os gastos com funcionários e renovação da frota foi o que mais impactou na composição do preço em 2017, mesmo com reajuste no valor do combustível. O preço do óleo diesel, por exemplo, teve o seu impacto reduzido no reajuste com a edição, pelo Governador Fernando Pimentel, do Decreto nº 47.316, de 28 de dezembro de 2017, publicado no diário oficial desta sexta-feira, que reduz o ICMS sobre óleo diesel para o transporte de passageiros de 15% para 4%, já a partir de 1º de janeiro de 2018. As tarifas do sistema de transporte metropolitano são reajustadas anualmente em conformidade com o artigo 5º dos contratos de concessão assinados em março de 2008 pelo executivo estadual.

Companhias vendem passagem pela metade do preço em Cuiabá

viajar de ônibusDesde o dia 1º de maio, o preço das passagens de ônibus para trajetos na capital do Mato Grosso estão saindo pela metade do preço, em feriados e datas comemorativas. O projeto criado pela prefeitura de Cuiabá entrou em vigor desde o último feriado nacional, no Dia do Trabalhador. O benefício é destinado aos bilhetes do transporte coletivo da cidade com o nome de Tarifa Social.

 O objetivo é reduzir o fluxo de veículos particulares durante os feriados prolongados, além de estimular o uso dos coletivos em viagens de curta, média e longa distância, dando opções financeiras mais acessíveis para quem precisa se deslocar – boa oportunidade para que todos possam aproveitar o dia de folga e ir visitar parentes e amigos distantes, ou simplesmente visitar pontos turísticos da cidade. Concedida por decreto, a tarifa garante uma redução de 50% do valor pago para as companhias de ônibus que atuam na capital. Atualmente, os passageiros pagam um valor médio de R$ 3,60 para realizar embarques em Cuiabá.

Com a novidade, a passagem não sai por mais de R$ 1,80, durantes os feriados. É preciso ficar atento quanto as datas que farão parte do calendário de descontos da Tarifa Social. De acordo com o decreto assinado no mês passado, a prefeitura já liberou o desconto das passagens para os seguintes feriados: 1º de maio (feriado nacional e dia do Trabalhador), 14 de Maio (Dia das Mães), 15 de Junho (feriado nacional de Corpus Christi), 13 de agosto (Dia dos Pais) e 7 de setembro (Independência do Brasil). O desconto também será válido para datas como do dia 12 de outubro (Nossa Senhora Aparecida), 2 de Novembro (Finados), e 25 de Dezembro (Natal). A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) é o órgão encarregado de fiscalizar o novo valor das passagens rodoviárias, durante as datas comemorativas.

Companhias de ônibus de POA querem aumentar preço da passagem

preço de passagensAs empresas de ônibus que circulam na cidade Porto Alegre querem elevar o preço da passagem para R$ 4,26. Atualmente, quem anda de ônibus na capital do Rio Grande do Sul paga R$ 3,75 pela passagem. Para conseguir o feito, as companhias já protocolaram na EPTC – Empresa Pública de Transporte e Circulação um pedido de revisão do cálculo da tarifa de todos os coletivos. Para a EPTC, o preço ideal para aumentar o serviço dentro do dissídio anual dos rodoviários é elevar a tarifa a 13,75%, chegando a praticar valores de até R$ 4,05 – menos do que as empresas pedem já para o primeiro semestre deste ano.

O reajuste salarial da categoria também já foi aprovado em fevereiro, com aumento de 5,5% na folha salarial. Além disso, o valor do ticket-alimentação será elevado de R$ 23,48 para R$ 25, e o plano familiar de saúde pago pelos funcionários sobe de R$ 30 para R$ 45. Os cobradores também terão garantia de trabalho para os próximos três anos. A categoria representa atualmente mais de 8 mil trabalhadores. A EPTC admite que as gratuidades é um dos fatores que mais pesa no aumento de operação das viagens rodoviárias de Porto Alegre, já que elas representam metade dos embarques diários. É a lógica do avião sendo aplicada nos ônibus da capital, quanto mais pessoas pagam pelo serviço, menos ele vale, e assim vice-versa.

Para a Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP), as isenções são realmente as grandes vilãs destes aumentos. Porto Alegre é hoje a capital, sem subsídio do governo, que mais dá gratuidades nos serviços rodoviários. Por isso a ideia defendida pela ATP é rever as gratuidades para poder minimizar o preço de operação dos veículos, incluindo o rodizio da passagem gratuita no segundo embarque, como forma de onerar a maioria e beneficiar a coletividade. Neste conceito, a cada três embarques, dois pagam a passagem.

Saiba quando comprar passagens rodoviárias com desconto

passagem barataDescontos e preços mais acessíveis estão disputando a atenção de turistas e passageiros que preferem andar de ônibus. A moda é ficar em casa pesquisando a melhor oferta antes de passar o cartão e reservar a passagem. Quem quer aproveitar o feriado neste final de ano ou simplesmente relaxar no próximo final de semana, tem os sites de passagens como grandes aliados. Entre preços e boas opções em passagens, o parcelamento da reserva é outro ponto interessante nesse momento de instabilidade econômica.

Pesquisar, comparar e comprar!

Você vive atarefado com o trabalho e não tem tempo para acessar a internet e consultar preços ou até mesmo reservar bilhetes, calma nem tudo está perdido. Há vários motivos para ficar grudado no computador aos finais de semana. Quero Passagem tem boas justificativas para manter a família reunida em casa, em pleno sabadão. Ela e outras que competem no setor oferecem descontos especiais em vários itinerários para aqueles que acessam o site aos sábados e domingos. Além de caprichar nos preços, a empresa também divide em até seis parcelas a quitação dos bilhetes adquiridos pelos cartões de crédito.

O endereço eletrônico dá dicas de pontos turísticos para serem visitados e informações úteis sobre todas as rodoviárias que intermediam as linhas oferecidas pelas companhias de ônibus credenciadas. Diariamente também apresenta passagens rodoviárias baratas para as principais capitais do país. Já para os amantes dos aviões, procurar por viagens aéreas mais em conta não é tarefa fácil. Apesar de ter algumas aviações que oferecem promoções esporadicamente, encontrar o voo desejado sem castigar o bolso exige muita pesquisa do usuário. A dica para quem vive viajando por ai e não quer perder as melhores ofertas por nada, é se cadastrar nos newsletters de cada site de vendas coletivas para receber os avisos de descontos por e-mail.

Passagem de ônibus de Maceió é a 3ª mais cara do Nordeste

Maceio - ALO último reajuste no preço das passagens de ônibus de Maceió, praticado no início de janeiro, colocou a capital de Alagoas entre as três mais caras dos nove Estados que compõem o Nordeste Brasileiro. O valor de R$ 3,15 para viagens nos ônibus urbanos da capital só perde para as passagens de Salvador, que valem R$ 3,30 e Recife, que cobra R$ 3,35 por embarque. Do montante, São Luís do Maranhão é a capital com o valor da passagem mais acessível da região, vendendo o bilhete a R$ 2,60. Quem depende do transporte coletivo para trabalhar não gostou nem um pouco do aumento, que deixou as passagens 40 centavos mais caras. Antes vendidas por R$ 2,75, como em Teresina (PI), as passagens rodoviárias valiam R$ 5,50 entre a soma do embarque de ida e volta. Agora vai ficar quase R$ 1,00 mais caro para ir e retornar. Os usuários que utilizam o veículo em mais de duas ocasiões no mesmo dia terão um prejuízo financeiro ainda maior.

A despesa mensal de um trabalhador comum que utiliza o transporte público de segunda a sexta, deve chegar a R$ 151,2 no final do mês. O que mais preocupa é que o montante corresponde a pouco mais de 17% do valor do novo salário mínimo, que hoje é de R$ 880,00. Segundo estudos da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), o aumento no preço do diesel, combustível utilizado para abastecer os veículos rodoviários foi um dos principais fatores pelo aumento das passagens de ônibus de Maceió. Além do reajuste da tarifa, outros itens também encareceram no começo deste ano, como a energia elétrica e o combustível.

Valor dos ônibus urbanos nas capitais do Nordeste
Recife (PE) R$ 3,35
Salvador (BA) R$ 3,30
Maceió (AL) R$ 3,15
Aracaju (SE) R$ 3,10
Fortaleza (CE) R$ 2,75
Teresina (PI) R$ 2,75
João Pessoa (PB) R$ 2,70
Natal (RN) R$ 2,65
São Luís (MA) R$ 2,60

Quero Passagem amplia opção de passagens rodoviárias em 2015

Reserve sua passagem de ônibus sem sair de casa.

Reserve sua passagem de ônibus sem sair de casa.

O portal especializado na venda de passagens rodoviárias pela internet, Quero Passagem, credenciou 14 novas auto viações em seu buscador online. A novidade, que já pode ser utilizada pelos internautas desde o começo do Ano Novo, está trazendo mais opções de destinos rodoviários e preços que podem ser confrontados, durante as consultas dentro do site. No total, a agência de turismo online, conta com a operação rodoviária de 41 companhias de ônibus, que juntas representam mais de 80% de toda malha rodoviária do Brasil. As regiões do Sudeste e Nordeste foram as que mais se beneficiaram com o incremento, especialmente para viagens realizadas em trechos rodoviários com destino e origem de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Pernambuco.

A intenção é fornecer, no mínimo, três opções de serviços e preços em cada itinerário pesquisado, ampliando as opções de reserva já disponíveis no site lançado no Brasil há mais de um ano. Para o CEO da Quero Passagem, Lukasz Gieranczyk, quanto maior for a oferta do mesmo trajeto, melhor para o usuário, que pode comparar serviços de diferentes viações e escolher a empresa de sua preferência. O objetivo de captar novas auto viações não para, inclusive por aquelas que atendem trechos pouco exploradas pelo buscador online. Cidades com grande potencial turístico, como as regiões litorâneas são boas opções de se investir nesse tipo de expansão. De acordo com o gestor de conteúdo do site, Danilo Julio, as viagens rodoviárias até os grandes centros e as capitais são as mais procuradas por usuários do Quero Passagem.

Segundo dados oficiais, mais precavidas e organizadas, as mulheres são as que mais compram com a agência de turismo online. Elas somam 66,8% do público consumidor, em sua maioria de 18 a 34 anos de idade. As novas empresas rodoviárias credenciadas no portal Quero Passagem são: Águia Branca (ES), Salutaris (ES), Brasil Sul (PR), Cantelle (PR), Princesa dos Campos (PR), Progresso (PE), Sampaio (RJ), Lopes Sul (RS), Bragança (SP), Expresso Brasileiro (SP), Motta (SP), Penha (SP), Santa Cruz (SP) e Nasser (SP).

Mais de 180 mil devem comprar passagem rodoviária nas férias

Baixada Santista atrai turista neste verão.

Baixada Santista atrai turista neste verão.

Cinco terminais rodoviários da Baixada Santista devem ficar movimentados nos próximos dias, com a aproximação das festas de final de ano. Se a expectativa de cada uma se concretizar, cerca de 200 mil pessoas deverão comprar passagem rodoviária para sair de casa durante o Réveillon. Santos, no litoral paulista, é cidade que receberá o maior número de embarques durante a última semana do ano. Lá o movimento deve ultrapassar a procura de outros feriados prolongados, recepcionando mais de 70 mil pessoas. Para dar conta de demanda, a rodoviária de Santos já está disponibilizando vários horários de ônibus extras.

Segundo a administração do terminal, oito veículos devem chegar para reforçar as viagens rodoviárias durante o Natal, enquanto 11 ônibus extras ficarão a disposição no Ano Novo. O interior de São Paulo, o Rio de Janeiro e o Paraná são os três destinos mais procurados por quem reserva passagens de ônibus do local. Mesmo no serviço rodoviário, o ideal é garantir os assentos cinco dias antes do ônibus embarcar, principalmente se a viagem será acompanhada de familiares ou amigos. A reserva faz com que o usuário se livre de dores de cabeça antes da viagem, fugindo de filas e corre-corre no dia da viagem. Quem adquirir os bilhetes rodoviários pela internet não pode esquece de chegar ao terminal rodoviário meia hora antes do embarque, além de levar um documento de identificação com foto.

Além do terminal de Santos, a rodoviária de Praia Grande já se prepara para fazer uma dobradinha com o mesmo movimento que teve no ano passado. Se o número se repetir, mais de 50 mil passageiros passarão pelo local nos próximos dias. Quem parte da cidade paulista costumeiramente prefere visitar a capital, ou ir para outras cidades do Estado como, São Bernardo, Campinas, Santo André e São Caetano. Até o Natal, mais de 20 mil pessoas são esperadas na rodoviária do Guarujá. O terminal rodoviário administrado pela Socicam também deve dar reforço nas linhas rodoviárias. São Vicente é outro município que se agita com a chegada do verão. Lá, mais de 10 mil moradores podem ser vistos utilizando o transporte rodoviário para viajar. O número representa 20% a mais do que o movimento normal. A cidade de Cubatão completa a lista das cinco estações rodoviárias da Baixada Santista.

Passagens de ônibus estão 800% mais baratas do que aéreas

Viajar de carro fica mais caro do que de ônibus.

Viajar de carro fica mais caro do que de ônibus.

As passagens de avião estão 800% mais caras do que as passagens de ônibus com embarque durante a última semana de 2014. A diferença pode ficar ainda maior em trechos rodoviários de longa distância, especialmente entre capitais e outros grandes centros. Em Curitiba, o bilhete rodoviário é encontrado por R$ 109 até Florianópolis (SC), enquanto as companhias aéreas estão cobrando R$ 1020 para fazer o mesmo trajeto. O valor equivale às passagens de ida e volta, e asseguram o tempo que cada passageiro vai demorar para chegar a seu destino. Nesta viagem, quem optar pelo serviço das aeronaves poderá desembarcar no estado catarinense, em apenas uma hora. Já nos ônibus, o mesmo percurso demora cinco vezes mais.

O custo em uma viagem realizada com o veículo de passeio também deve ser calculado e comparado na hora de medir as despesas. Associado aos gastos com pedágios e o combustível, o carro não é uma boa opção de viagem para quem pretende botar o pé na estrada sozinho. Entre o eixo rodoviário São Paulo e Rio de Janeiro, a passagem rodoviária sai por R$ 163, cerca de metade do que é gasto para tirar o carro da garagem. Mesmo com a diferença, se o carro transportar mais pessoas, realmente o veículo próprio se torna a opção de transporte mais barata. A comparação com o preço do aéreo pode ultrapassar os 353%, já que a passagem aérea para esta linha está em torno de R$ 740.

A duração da viagem é de uma hora, para quem preferir voar. A dica de economia também funciona em outros trechos, como é o caso de viagens de Salvador para Lenções, na Bahia. Lá, o trajeto sai por R$ 126 se for de ônibus, enquanto o custo para ir de carro é de R$ 451, considerando que o preço da gasolina esteja R$ 3 o litro e o consumo do combustível é de 10 quilômetros por litro. Para encurtar o tempo de viagem, sem abrir mão da economia, o jeito mesmo é pesquisar e comprar as passagens aéreas dois meses antes do embarque.

Itapemirim passagens oferece promoção para fidelizar cliente

O preço de passagens rodoviárias para linhas interestaduais está mais caro em Belém do Pará, durante o feriado de Carnaval.

Itapemirim dá descontos no aluguel do carro.

Quem embarca nos ônibus rodoviários da Itapemirim passagens não tem do que reclamar com as promoções e os programas de fidelização promovidos pela auto viação. Afinal, é possível garantir bons descontos e até viajar de graça, dependendo da promoção. Os que viajam entre as capitais de São Paulo e Vitória podem pagar apenas R$ 49 para reservar a passagem rodoviária de ida ou de volta, e até parcelar o valor em 3 vezes. Isso tudo, graças a uma promoção por tempo limitado que tem validade é o final do mês que vem. O bilhete para realizar o trajeto dá direito de embarques em ônibus convencionais ou semileitos da viação Itapemirim.

Além dessa vantagem, a companhia de ônibus também resolveu facilitar a vida de quem reside em Brasília e quer chegar até a cidade maravilhosa, andando de ônibus. A linha interestadual que interliga a região centro-oeste com o sudeste do Brasil, sai por apenas R$ 89 para ir ou voltar, e também pode ser reservada em até 3 vezes. É preciso se antecipar para garantir uma poltrona nos ônibus credenciadas com essa promoção, que também tem duração até o dia 30 de novembro. Graças a uma parceria comercial com a empresa Movida Rent a Car, a viação Itapemirim está concedendo vários descontos para quem alugar um carro na empresa, assim que desembarcar no terminal rodoviário.

Além de economizar com o transporte, a viação rodoviária garante diárias gratuitas no plano semanal, oferece GPS por R$ 9,90 a diária e garante descontos de até 45% em cada locação. As parcerias e as promoções, ao lado de programas de fidelização, ajudam a cativar os clientes e dar a oportunidade de novos passageiros conhecerem os serviços rodoviários de uma das empresas mais antigas do país. Em um de seus programas, quem viaja cinco vezes nas linhas rodoviárias participantes, tem direito de uma viagem grátis pelo mesmo trecho.  A promoção também vai até o final do mês que vem e é válida para as linhas interestaduais entre Rio de Janeiro e Brasília, Brasília e Rio de Janeiro, Brasília e Juiz de Fora, e Juiz de Gora e Brasília.

Horário de verão interrompe venda de passagens rodoviárias

Para evitar dúvidas no embarque durante o horário de verão, venda de passagens rodoviárias é suspensa.

Dúvida nos horários de ônibus.

O horário de verão que adianta uma hora no relógio dos brasileiros, fez com que a venda de passagens rodoviárias nas três rodoviárias de São Paulo fosse suspensa por pelo menos uma hora. Por causa do novo horário, praticado desde a madrugada do último domingo (19), os terminais rodoviários da capital paulista suspenderam seus embarques durante o momento da mudança do horário, que aconteceu entre as 0h e 0h59 de sábado para domingo. Neste período ninguém pôde reservar as passagens de ônibus para embarcar. Responsável pela proibição, a Socicam – empresa que administra as três estações rodoviárias de São Paulo, decidiu interromper a venda na marcação do novo horário, para evitar perdas e dúvidas na hora de viajar.

Quem chegou ou partiu do terminal Tietê (Zona Norte da capital), Barra Funda (Zona Oeste) ou Jabaquara (Zona Sul), às 23h59, não encontrou mudanças no local. Segundo a administradora, os veículos rodoviários com partidas marcadas até este horário, viajaram normalmente. Apesar da paralisação de uma hora, as empresas rodoviárias que operam em São Paulo aprovaram a medida, já que é comum gerar tumultos e confusões justamente no momento é que é feito o adiantamento dos ponteiros, para obedecer ao horário de verão. Durante o final de semana, a Socicam disponibilizou um atendimento telefônico para esclarecer dúvidas e informar passageiros sobre os horários de ônibus das rodoviárias da cidade.

As companhias de ônibus também foram liberadas para prestarem informações diretamente aos seus clientes. Mesmo com o movimento intenso, registrado diariamente nos corredores da rodoviária do Tietê, em soma as demais estações de transporte público e interestadual, poucas viagens rodoviárias neste período de interrupção acontecem nos terminais. A maioria dos embarques realizados neste horário é registrada em linhas de média e longa distância, por passageiros que querem viajar para outras cidades de São Paulo, ou até mesmo ir para outro Estado. O horário de verão acontece uma vez ao ano e dura toda a estação mais quente do ano, com intuito de estabilizar o nível de reservatórios de hidrelétricas, aumentando a produção sem ampliar o uso regular de energia elétrica.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress