Quero Passagem amplia opção de passagens rodoviárias em 2015

Reserve sua passagem de ônibus sem sair de casa.

Reserve sua passagem de ônibus sem sair de casa.

O portal especializado na venda de passagens rodoviárias pela internet, Quero Passagem, credenciou 14 novas auto viações em seu buscador online. A novidade, que já pode ser utilizada pelos internautas desde o começo do Ano Novo, está trazendo mais opções de destinos rodoviários e preços que podem ser confrontados, durante as consultas dentro do site. No total, a agência de turismo online, conta com a operação rodoviária de 41 companhias de ônibus, que juntas representam mais de 80% de toda malha rodoviária do Brasil. As regiões do Sudeste e Nordeste foram as que mais se beneficiaram com o incremento, especialmente para viagens realizadas em trechos rodoviários com destino e origem de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Pernambuco.

A intenção é fornecer, no mínimo, três opções de serviços e preços em cada itinerário pesquisado, ampliando as opções de reserva já disponíveis no site lançado no Brasil há mais de um ano. Para o CEO da Quero Passagem, Lukasz Gieranczyk, quanto maior for a oferta do mesmo trajeto, melhor para o usuário, que pode comparar serviços de diferentes viações e escolher a empresa de sua preferência. O objetivo de captar novas auto viações não para, inclusive por aquelas que atendem trechos pouco exploradas pelo buscador online. Cidades com grande potencial turístico, como as regiões litorâneas são boas opções de se investir nesse tipo de expansão. De acordo com o gestor de conteúdo do site, Danilo Julio, as viagens rodoviárias até os grandes centros e as capitais são as mais procuradas por usuários do Quero Passagem.

Segundo dados oficiais, mais precavidas e organizadas, as mulheres são as que mais compram com a agência de turismo online. Elas somam 66,8% do público consumidor, em sua maioria de 18 a 34 anos de idade. As novas empresas rodoviárias credenciadas no portal Quero Passagem são: Águia Branca (ES), Salutaris (ES), Brasil Sul (PR), Cantelle (PR), Princesa dos Campos (PR), Progresso (PE), Sampaio (RJ), Lopes Sul (RS), Bragança (SP), Expresso Brasileiro (SP), Motta (SP), Penha (SP), Santa Cruz (SP) e Nasser (SP).

Preço de passagens de ônibus de Manaus aumenta em 2015

É hora de juntar as moedas para pagar as passagens.

É hora de juntar as moedas para pagar as passagens.

O ano mal começou e os passageiros de ônibus de Manaus já estão sentindo o reajuste no valor tarifário para embarcar em coletivos da cidade. Segundo a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), as passagens rodoviárias passaram a ser comercializadas no valor de R$ 3, enquanto a meia-passagem, saltou de R$ 1,35, para R$ 1,50. O novo reajuste na reserva rodoviária representa um aumento de R$ 0,25 no preço de passagens de ônibus da capital. De acordo com a prefeitura de Manaus, já fazia mais de três anos que os passageiros não sabiam o que era ter o reajuste. Por conta disso, a tarifa ficou defasada, já que o valor dos combustíveis subiu junto com o preço para renovar as frotas, e reajustar os salários de funcionários da auto viações.

Só nos últimos quatro anos, o diesel utilizado para abastecer a frota municipal teve um aumento de 33,74%, enquanto ficou 17,20% mais caro comprar novos veículos para colocar nas ruas. Motoristas também tiverem reajuste salarial de 20,9% durante o mesmo período. Cada passageiro que embarca nos ônibus da capital do Amazonas, custa em média R$ 3,11 para as companhias de ônibus. Com a diferença do reajuste, os R$ 0,11 centavos restantes são subsidiados pela prefeitura e pelo governo do Estado que injeta R$ 2 milhões todo o mês, para serem gastos no setor. A prefeitura de Manaus admite que o serviço de transporte público não é dos melhores, e por isso, cobra das empresas rodoviárias, algumas medidas para inibir a paralisações de profissionais do sistema e melhorias no atendimento.

A cidade também espera a conclusão das obras de corredores exclusivos, realizadas pela SMTU. Com o investimento em mobilidade urbana, além de tornar as viagens rodoviárias mais velozes, a prefeitura poderá economizar com subsídios gastos para bancar o aumento da frota. Se a palavra do prefeito valer, esse ano não terá mais aumentos nas passagens. Ele garantiu que, mesmo com o aumento previsto no salário dos rodoviários, o valor da passagem de ônibus deve permanecer nos R$ 3. Segundo a prefeitura, os bilhetes do transporte do tipo executivo também devem ser reajustados em breve.

Valor da passagem rodoviária e de outros veículos sobe em SP

Preço de passagem rodoviária sobe no começo do ano.

Preço de passagem rodoviária sobe no começo do ano.

O valor da passagem de ônibus, Metrô e dos trens metropolitanos de São Paulo passa a subir na primeira terça-feira do ano. O reajuste para quem embarca nos ônibus municipais e no transporte sobre os trilhos é de 50 centavos. Mesmo assim, o aumento está abaixo do valor tarifário previsto conforme a inflação, no qual elevaria a passagem de R$ 3 para R$ 3,75. Segundo a prefeitura, o preço da passagem rodoviária está estagnada há 4 anos, na capital do Estado. Segundo a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, o reajuste fica abaixo dos 17% da inflação acumulada desde o último reajuste, em fevereiro de 2002. A boa notícia é que Bilhete Único recarregado mensalmente, semanalmente e diariamente não sofrerá reajustes, pelo menos por enquanto.

Já o benefício rodoviário integrado ao Metrô de São Paulo e os trens da CPTM passarão a salgar o bolso do passageiro no valor de R$ 5,45. Tanto a prefeitura quanto o governo estadual prometem congelar a tarifa mensal paga para recarregar o Bilhete Único Mensal Sobre Trilhos, no valor de R$ 140. Mesmo sem o reajuste, o valor fixado trará benefícios para o usuário, durante deste ano. Até o momento só quem embarcava 47 vezes no mês poderia ter acesso a sistema de bilhetagem mensal, porém agora o número mínimo exigido caiu para 41 viagens ao mês.

Segundo os cálculos dos especialistas, o recurso é muito benéfico para quem utiliza o transporte como meio de ida e volta diário, principalmente em casos em que os coletivos são utilizados pelo menos 22 dias do mês. Nesta ocasião, o usuário estará economizando automaticamente R$ 14 com direito de realizar viagens ilimitadas até o final do mês. Já para o Bilhete Único Integrado (trens, metrô e ônibus), a dica é se cadastrar se o número de viagens no mês ser superior a de 43. Antigamente o programa era elaborado para compensar o bolso de quem viajava ao menos 50 vezes em 30 dias. Deve estar próxima de ser acionada a lei que vigora o Passe Livre, concedendo isenção da tarifa rodoviária para todos estudantes de escolas e universidades públicas de São Paulo.

Viação Penha concorre com Itapemirim Passagens em Porto Alegre

Itapemirim ganha concorrente de peso.

Itapemirim ganha concorrente de peso.

A viação Penha acaba de se juntar as auto viações credenciadas no site Quero Passagem. Além de garantir novas conexões rodoviárias para os Estados do Sul, Sudeste e até Nordeste do Brasil, a companhia de ônibus fundada em São Paulo deverá competir com a Itapemirim Passagens em linhas interestaduais até Porto Alegre. A integração da auto viação é mais uma opção para o usuário comparar preços e optar pelo tipo de ônibus preferido, levando em consideração os serviços de bordo que são oferecidos durante a viagem. A direção do e-commerce lançado há mais de um ano, também ressalta que este tipo de integração aumenta os horários de ônibus disponíveis em determinadas linhas, facilitando ainda mais a reserva de quem não tem tempo de comprar a passagem rodoviária na rodoviária.

Ambas possuem vários ônibus partindo de diferentes capitais brasileiras com destino a Porto Alegre e outras cidades da região. O local fica a 115 km de Gramado, a onde acontece uma das festas de Natal mais movimentadas e tradicionais do país. Foi por isso que o trajeto ficou bastante intenso neste mês. Já que a cidade só possui um aeroporto para voos comerciais até Gramado, o jeito mesmo foi ir de ônibus pelas rodovias ERS-115, via cidade de Taquara – BR-116 e ERS-235 via cidade de Nova Petrópolis (Rota Romântica) e ERS-020, via cidade de São Francisco de Paula e Canela.

De ônibus, o trajeto pode ser feito pela viação Citral, através de uma linha intermunicipal até o município da Serra Gaúcha. Neste ano, o Natal Luz de Gramado, da Serra do Rio Grande do Sul completou 29 anos de existência. Tradicional e conhecido em todo o Brasil, o evento reuniu 26 atrações ao longo de 74 dias. A programação contou com 472 apresentações gratuitas, além de novidades nos principais espetáculos, como o Nativitaten, o Grande Desfile de Natal e a Fantástica Fábrica de Natal. Com a mesma característica dos últimos anos, os espetáculos são apresentados em vários pontos da cidade, reunindo público de vários estados brasileiros.

Mais de 180 mil devem comprar passagem rodoviária nas férias

Baixada Santista atrai turista neste verão.

Baixada Santista atrai turista neste verão.

Cinco terminais rodoviários da Baixada Santista devem ficar movimentados nos próximos dias, com a aproximação das festas de final de ano. Se a expectativa de cada uma se concretizar, cerca de 200 mil pessoas deverão comprar passagem rodoviária para sair de casa durante o Réveillon. Santos, no litoral paulista, é cidade que receberá o maior número de embarques durante a última semana do ano. Lá o movimento deve ultrapassar a procura de outros feriados prolongados, recepcionando mais de 70 mil pessoas. Para dar conta de demanda, a rodoviária de Santos já está disponibilizando vários horários de ônibus extras.

Segundo a administração do terminal, oito veículos devem chegar para reforçar as viagens rodoviárias durante o Natal, enquanto 11 ônibus extras ficarão a disposição no Ano Novo. O interior de São Paulo, o Rio de Janeiro e o Paraná são os três destinos mais procurados por quem reserva passagens de ônibus do local. Mesmo no serviço rodoviário, o ideal é garantir os assentos cinco dias antes do ônibus embarcar, principalmente se a viagem será acompanhada de familiares ou amigos. A reserva faz com que o usuário se livre de dores de cabeça antes da viagem, fugindo de filas e corre-corre no dia da viagem. Quem adquirir os bilhetes rodoviários pela internet não pode esquece de chegar ao terminal rodoviário meia hora antes do embarque, além de levar um documento de identificação com foto.

Além do terminal de Santos, a rodoviária de Praia Grande já se prepara para fazer uma dobradinha com o mesmo movimento que teve no ano passado. Se o número se repetir, mais de 50 mil passageiros passarão pelo local nos próximos dias. Quem parte da cidade paulista costumeiramente prefere visitar a capital, ou ir para outras cidades do Estado como, São Bernardo, Campinas, Santo André e São Caetano. Até o Natal, mais de 20 mil pessoas são esperadas na rodoviária do Guarujá. O terminal rodoviário administrado pela Socicam também deve dar reforço nas linhas rodoviárias. São Vicente é outro município que se agita com a chegada do verão. Lá, mais de 10 mil moradores podem ser vistos utilizando o transporte rodoviário para viajar. O número representa 20% a mais do que o movimento normal. A cidade de Cubatão completa a lista das cinco estações rodoviárias da Baixada Santista.

Passagens de ônibus estão 800% mais baratas do que aéreas

Viajar de carro fica mais caro do que de ônibus.

Viajar de carro fica mais caro do que de ônibus.

As passagens de avião estão 800% mais caras do que as passagens de ônibus com embarque durante a última semana de 2014. A diferença pode ficar ainda maior em trechos rodoviários de longa distância, especialmente entre capitais e outros grandes centros. Em Curitiba, o bilhete rodoviário é encontrado por R$ 109 até Florianópolis (SC), enquanto as companhias aéreas estão cobrando R$ 1020 para fazer o mesmo trajeto. O valor equivale às passagens de ida e volta, e asseguram o tempo que cada passageiro vai demorar para chegar a seu destino. Nesta viagem, quem optar pelo serviço das aeronaves poderá desembarcar no estado catarinense, em apenas uma hora. Já nos ônibus, o mesmo percurso demora cinco vezes mais.

O custo em uma viagem realizada com o veículo de passeio também deve ser calculado e comparado na hora de medir as despesas. Associado aos gastos com pedágios e o combustível, o carro não é uma boa opção de viagem para quem pretende botar o pé na estrada sozinho. Entre o eixo rodoviário São Paulo e Rio de Janeiro, a passagem rodoviária sai por R$ 163, cerca de metade do que é gasto para tirar o carro da garagem. Mesmo com a diferença, se o carro transportar mais pessoas, realmente o veículo próprio se torna a opção de transporte mais barata. A comparação com o preço do aéreo pode ultrapassar os 353%, já que a passagem aérea para esta linha está em torno de R$ 740.

A duração da viagem é de uma hora, para quem preferir voar. A dica de economia também funciona em outros trechos, como é o caso de viagens de Salvador para Lenções, na Bahia. Lá, o trajeto sai por R$ 126 se for de ônibus, enquanto o custo para ir de carro é de R$ 451, considerando que o preço da gasolina esteja R$ 3 o litro e o consumo do combustível é de 10 quilômetros por litro. Para encurtar o tempo de viagem, sem abrir mão da economia, o jeito mesmo é pesquisar e comprar as passagens aéreas dois meses antes do embarque.

Preço de passagens de ônibus sobe no litoral paulista

Passagens de Bertioga e Guarujá estão mais caras.

Passagens de Bertioga e Guarujá estão mais caras.

O aumento no preço de passagens de ônibus de Bertioga e do Guarujá veio em boa hora para as companhias rodoviárias. Justo na época mais movimentada do ano, as catracas devem registrar o aumento tarifário nas linhas intermunicipais da Baixada Santista. O aumento de 14,28% e 10,71% são os mais caros da região, ultrapassando os valores impostos pelas empresas de outras sete cidades do litoral, incluindo Santos e Praia Grande, onde lá o valor é de R$ 2,90. Com o reajuste, o guarujaense e turistas que desembarcarem na cidade para aproveitar as férias de verão, terão de desembolsar R$ 3,20 para circular na cidade. Já em Bertioga, a passagem rodoviária vale R$ 3,10.

A tarifa mais barata da região litorânea está sendo praticada em Peruíbe, com o valor de R$ 1,70. As viagens rodoviárias de Cubatão estão quase o mesmo preço de Bertioga e Guarujá, contabilizando R$ 2,85. Em São Vicente e Itanhaém, o preço para viajar de ônibus é R$ 2,60. A rodoviária de Mongaguá também tem preços mais acessíveis, com R$ 1,90 para ônibus intermunicipais. A prefeitura de Guarujá garantiu que o reajuste de quase 15% foi acatado depois de promover reuniões com representantes da sociedade, usuários do transporte público, responsáveis pelas transportadoras e sindicado dos empregados.

Com base em um estudo de gastos, a prefeitura alega que o aumento salarial da categoria e os insumos, gastos com pneus, peças, combustível, foram os principais motivos para que o passageiro pagasse mais pela passagem. Em contrapartida, o órgão público prometeu que o reajuste deverá trazer benefícios para o transporte. Está previsto até o final do ano, a instalação de wi-fi gratuito em todas as linhas rodoviárias e terminais da cidade. Além disso, são esperados mais 20 novos abrigos de ônibus antes do ano novo. Em Bertioga a situação é diferente. Lá, a viação Bertioga, empresa que administra o transporte público da cidade, não recebia aumento desde outubro de 2012. Foi por isso que só agora, passou a elevar o preço dos bilhetes rodoviários. Com a mudança, duas linhas que circulam pelos bairros Chácaras e Boraceia, em caráter experimental, passam a valer R$ 1,00.

Quero Passagem quer vender passagens rodoviárias no México

Versão Mobile também ganhará cara nova.

Versão Mobile também ganhará cara nova.

Passageiros de ônibus no México poderão viajar com mais comodidade e praticidade, caso o plano da startup brasileira Quero Passagem saia do papel. Segundo a direção do e-commerce especializado na comercialização de passagens rodoviárias, a ideia é levar os serviços que já é sucesso no Brasil, para o cotidiano de quem mora no México e quer andar de ônibus. O projeto inclui a mesma tecnologia testada por aqui, oferecendo opções de reserva e comparação de preço entre as melhores auto viações que operam regularmente no país. Apesar da expansão ainda não passar de uma ideia, o site lançado a mais de um ano, tem boa aceitação do público internacional.

Desde o período em que o Brasil sediou a Copa do Mundo, o site criado pelo polonês Lukasz Gieranczyk passou a disponibilizar a plataforma nas versões inglês e espanhol, além de garantir a compra das passagens de ônibus com cartões de crédito internacionais, sem apresentação obrigatória do CPF. O retorno com as vendas de turistas estrangeiros deu tão certo, que Lukasz logo pensou em estudar novos países em busca de oportunidades no setor das tecnologias digitais. Além do desejo em levar o serviço para fora do país, a Quero Passagem já tem importantes planos para ampliar sua colocação no mercado, em 2015.

“Estamos reformularemos nosso site, que ganhará um design muito mais moderno. Diminuiremos as etapas de compra e seremos assim o único portal do Brasil que possibilitará ao usuário a aquisição de bilhetes rodoviários em apenas cinco cliques, de forma simples, fácil e segura. É importante dizer também que melhoraremos o conteúdo sobre as cidades e a oferta das viações para trechos ainda pouco explorados online”, afirmou Gieranczyk. A nova repaginação está sendo apostada com um novo aplicativo para smartphones e dispositivos móveis, criado pela agência. As mudanças devem aumentar o número de reservas de passagens, além de dar mais visibilidade ao endereço eletrônico da empresa. A Quero Passagem também estuda a possibilidade de integrações com o serviço de reserva de hotéis, aquisição de seguro-viagem e aluguel de carros em suas plataformas digitais.

Preço de passagens aéreas está 400% mais caro neste Natal

Passagens Aéreas estão 4 vezes mais caras.

Passagens Aéreas estão 4 vezes mais caras.

Quem ainda não reservou as passagens aéreas não irá gostar nem um pouco do que terá de desembolsar para garantir os voos da família, durante as vésperas do Natal e do Réveillon. Dependendo do destino nacional e internacional escolhido, o preço de passagens pode fica quatro vezes mais caro do que vem sendo comercializado pelas principais companhias de avião. Mineiros que pretendem sair da capital com destino a cidade maravilhosa, para aproveitar o calor nas praias cariocas, terão de pagar quase R$ 1 mil para garantir um bilhete de ida e volta. Com o mesmo custo, em março do ano que vem, já é possível garantir o embarque aéreo de mais quatro passageiros.

O pior é que, mesmo a mais de um mês das datas comemorativas deste final de ano, o valor das passagens de avião já decolou. Com a procura acentuada entre datas e feriados próximos, viajar de avião neste fim de ano, se torna algo bastante inviável financeiramente. A solução é fazer uma verdadeira varredura na internet em busca das melhores oportunidades, substituir o itinerário para amenizar o custo da viagem, ou quem sabe, trocar as aeronaves pelos ônibus, em linhas interestaduais de menor distância. Passar a virada do ano fora de casa também não é boa idade para o bolso dos passageiros aéreos.

Se os preços forem comparados com as mesmas linhas disponíveis no Natal, o prejuízo é ainda maior. Se o destino for Copacabana (Rio de Janeiro), prepare-se para arrombar o bolso. A cidade é uma das mais procuradas no Réveillon e por isso, hospeda um dos bilhetes mais caros nesta época do ano. Para se ter uma ideia, um voo de Florianópolis ao Rio está 167% mais barato, dias antes da última semana do ano. Engana-se quem pensa que viajar para fora do país, estará livre das porcentagens malucas impostas pelo setor. Para seguir rumo a Paris, é preciso desembolsar R$ 7.337, no Réveillon. Em dias normais, a passagem pode ser adquirida por menos da metade. A recomendação das companhias aéreas é reservar a viagem 90 dias antes do embarque acontecer.

Preço de passagens de ônibus pode ficar mais caro em SP

Passagem de ônibus de São Paulo deve subir em Janeiro.

Passagem de ônibus de São Paulo deve subir em Janeiro.

Falta pouco para a prefeitura de São Paulo reajustar o preço de passagens de ônibus em linhas municipais da capital. O aumento deve elevar a tarifa rodoviária para R$ 3,40 já no começo do ano que vem. Até lá, a prefeitura estuda um “jeitinho” de minimizar a cobrança das auto viações, já planejando possíveis protestos por parte da população paulista. Segundo a São Paulo Transportes (SPTrans), com o aumento no valor da passagem, a prefeitura irá deixar de desembolsar boa parte de seus recursos financeiros para subsidiar empresas de transporte urbano. Atualmente a administração da capital paga R$ 1,6 bilhão para manter o serviço em funcionamento. Se o novo valor começar a valer em janeiro, o preço deverá ser reduzido para R$ 1,4 bilhão ao ano.

O pior é que, sem o reajuste, o financiamento deve ser ainda maior, elevando os custos da prefeitura para R$ 2 bilhões só nesta categoria. Já estão acontecendo manifestações pressionando o prefeito Fernando Haddad para manter o mesmo valor praticado nas catracas, desde 2011. O preço da passagem rodoviária iria ser reajustado no meio do ano passado, de R$ 3 para R$ 3,20, mas acabou mantido, depois dos protestos. Com a base inflacionária, não resta dúvidas de que o valor da passagem precisa ser aumentado. Se o preço acompanhar a inflação acumulada, deve comercializar o bilhete rodoviário por R$ 3,75. Apesar disso, a prefeitura sabe que autorizar um valor nesses parâmetros é abrir procedentes para uma verdadeira “guerra” nas ruas.

Por isso, o que tudo indica é que o preço não passe dos R$ 3,50. Para se ter uma ideia, o passageiro é quem mais desembolsa para custear as passagens. Ele é responsável por 70% do valor gasto, outros 10% são pagos pelos próprios empresários do setor e outros 20% ficam por conta do poder público (prefeitura). Há dois anos, o valor do repasse às empresas rodoviárias era de R$ 1 bilhão. Esse valor aumentou em 2013, depois que as auto viações passaram a trabalhar com o Bilhete Único Mensal. Hoje o subsídio é de R$ 1,6 bilhão.

Copyright © Preço de passagens de ônibus
CENTRAL DE PASSAGENS RODOVIÁRIAS

Built on Notes Blog Core
Powered by WordPress